Otto Ohlendorf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Otto Ohlendorf
SS-Brigadeführer Otto Ohlendorf
Nascimento 4 de fevereiro de 1907
Hoheneggelsen, Reino da Prússia, Império Alemão
Morte 8 de junho de 1951 (44 anos)
Landsberg am Lech, Baviera, Alemanha
Ocupação Economista, jurista e advogado
Serviço militar
Serviço Flag of the Schutzstaffel.svg Waffen-SS
País Alemanha Nazista Alemanha Nazista
Anos de serviço 1925 — 1945
Patente SS-Gruppenführer e Generalleutnant der Polizei
Comando Einsatzgruppe D
Amt III, RSHA
Conflitos Segunda Guerra Mundial
Condecorações Crachá Dourado do Partido Nazi
Ohlendorf durante seu julgamento em 9 de outubro de 1947.

Otto Ohlendorf (4 de fevereiro de 1907 – 8 de junho de 1951) foi um oficial alemão que serviu na SS nazista com a patente de Gruppenführer e também foi chefe da Inland-SD (responsável pela inteligência e pela segurança interna), uma subdivisão da Sicherheitsdienst (SD). Ohlendorf foi comandante da Einsatzgruppe D, que perpetrou vários assassinatos e outras atrocidades na Moldávia, no sul da Ucrânia, na Crimeia e, durante 1942, no norte do Cáucaso russo. Por estas ações, Otto Ohlendorf foi considerado uma das figuras mais proeminentes do Holocausto. Em 1951, ele foi condenado e executado por crimes de guerra e contra a humanidade cometidos durante a Segunda Guerra Mundial.[1]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Michael Brackmann: Der Tag X. - Im Juni 1948 kommt die D-Mark und verändert das Land. Die Währungsreform ist von langer Hand vorbereitet und bis ins Detail ausgetüftelt worden. Junho de 2006.