Out of My Hands

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Out of My Hands
Álbum de Estudio de Morten Harket
Lançamento 13 de abril de 2012 (2012-04-13)
Gravação Norway
(Ljunggren Studio, Snowdrop Studios)
England
(Real World Studios)
Sweden
(Studio Brun, Quant Studios)
Gênero(s) Synthpop, pop rock
Gravadora(s) Universal, Island, We Love Music
Produção Morten Harket, Lars Hustoft, Peter Kvint, Erik Ljunggren, Steve Osborne, Jonas Quant

Out of My Hands é o quinto álbum de estúdio e terceiro álbum em língua inglesa lançado pelo cantor pop norueguês Morten Harket. Foi lançado em 13 de abril de 2012 através da Island Records. [1] O álbum foi produzido principalmente pelo produtor musical britânico Steve Osborne, que trabalhou com o a-ha em seu nono álbum e assim como o décimo e último de estúdio, respectivamente, Foot of The Mountain (2009) e Cast in Steel (2015). Após o seu lançamento, o álbum recebeu críticas mistas dos críticos de música norueguesa. O álbum Out Of My Hands, alcançou o topo das paradas na Noruega. Em sua estreia, o álbum entrou no segundo lugar, já na segunda semana, o álbum conquistou a primeira posição, enquanto na parada de álbuns da Alemanha, na posição #3.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Scared of Heights"
  2. "Keep the Sun Away"
  3. "Lightning"
  4. "I’m the One"
  5. "Quiet"
  6. "Burn Money Burn"
  7. "When I Reached the Moon"
  8. "Listening"
  9. "Just Believe It"
  10. "Out of My Hands"
  11. "Undecided" (faixa bônus)

Recepção Crítica[editar | editar código-fonte]

Nick Levine da BBC deu ao álbum uma crítica favorável, e escreveu: "Há uma dignidade similar ao primeiro álbum solo de Morten Harket desde a separação. É um assunto crescente no gênero synthpop entre suas músicas, que as canções devem variar em ritmo toda sua duração a partir de um lento mid-tempo que logo após alguma duração ela comece á tocar um bastante rápido mid-tempo. Na verdade, Out of My Hands não soa muito diferente dos últimos álbuns do a-ha, mas também é suficientemente fresco para ser notado" [1] Em seu comentário para a Daily Express, Simon Gage deu ao álbum três das cinco estrelas escrevendo: "O famoso falsete ainda está muito em evidência e as músicas, ainda que fortes, se fugirem um pouco para o lado datado com a condução de guitarras e orquestrações exuberantes fazem soar incrivelmente com o estilo da banda a-ha."

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.bbc.co.uk/music/ comentários / pn6m