Overissel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização da província de Overissel nos Países Baixos.
Bandeira da província de Overissel
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Países Baixos


Overissel (Overijssel, em neerlandês; Oaveriessel, em baixo-saxão neerlandês) é uma província dos Países Baixos na porção central do leste do país. Sua capital é Zwolle e a maior cidade é Enschede. A população de Overissel é de 1 113 529 habitantes.

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome da província significa "terras além o rio Issel". Para a etimologia de "Issel", ver o artigo correspondente. A forma adotada oficialmente em português pela União Europeia para a província é "Overissel".[1]


História[editar | editar código-fonte]

Nos primórdios de sua história, Overissel era conhecida como Oversticht e incluía grande parte da moderna Drente. Em 1336, tornou-se parte de Gueldres, mas foi cedida ao Bispado de Utreque em 1347 e passou a ser conhecida como het Sticht. Os bispos cederam-na ao Imperador Carlos V em 1528, que se intitulou "Senhor de Overissel", dando à província o seu nome moderno. O povo uniu-se a outros neerlandeses e revoltou-se contra o herdeiro de Carlos, Filipe II.

Após uma breve ocupação pelas forças do Bispo de Münster (167274), Overissel recebeu uma nova forma de governo que entregava mais poderes aos Stadthouders. A resistência generalizada contra o maior poder levou à formação da República Batava em 1795. Um governo centralizador emergiu e os Países Baixos foram organizados em departamentos, modelo emprestado da França revolucionária. Overissel tornou-se um departamento, sendo posteriormente fundido com Drente em 1798 para formar Ouden IJssel, que foi renomeado Overissel em 1801.

Os franceses anexaram a República Batava em 1810 e Overissel tornou-se o novo departamento francês de Bouches de l'Yssel. Com a derrota de Napoleão em 1814, o Reino dos Países Baixos e antiga província de Overissel foram recriados. A província foi ocupada por um breve período pela Alemanha Nazista durante a Segunda Guerra Mundial, de maio de 1940 até a sua liberação em abril de 1945.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Overissel limita com a Alemanha a leste, com a região de Achterhoek na Guéldria ao sul, com a região de Veluwe na Guéldria e na Flevolândia a oeste, e com a Frísia e os antigos pântanos de Drente ao norte. A província compõe-se de três regiões: Kop van Overijssel no noroeste, Salland no centro e Twente no leste. Ademais da capital Zwolle, as principais cidades são Almelo, Deventer, Enschede e Hengelo.

No sudeste, a superfície da província é arenosa, cortada por pequenos rios como o Regge e o Dinkel, e por riachos. No noroeste, a predominam sedimentos do Overijsselse Vecht e argila. A parte setentrional já foi recoberta por pântanos, que separavam o sul, com terras mais secas e aráveis, de Drente. O extremo noroeste apresenta um sistema de lagos formados pela antiga mineração de turfa, o Weerribben.

O ponto culminante de Overissel é o cume do Tankenberg, um morro no município de Losser, com 89 m. O ponto mais baixo é o Mastenbroek Polder, próximo a Kampen, com 2 m abaixo do nível do mar.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Municípios de Overijssel
  1. Almelo
  2. Borne
  3. Dalfsen
  4. Dinkelland
  5. Deventer
  6. Enschede
  7. Haaksbergen
  8. Hardenberg
  9. Hellendoorn
  1. Hengelo
  2. Hof van Twente
  3. Kampen
  4. Losser
  5. Oldenzaal
  6. Olst-Wijhe
  7. Ommen
  8. Raalte
  1. Rijssen-Holten
  2. Staphorst
  3. Steenwijkerland
  4. Tubbergen
  5. Twenterand
  6. Wierden
  7. Zwartewaterland
  8. Zwolle

Cidades[editar | editar código-fonte]

notas

  1. Anexo A9 do Código de Redação Interinstitucional da União Europeia.