Oyfn Pripetshik

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Oyfn Pripetshik (Iídiche: אויפן פריפעטשיק, também escrito Oyfn Pripetchik, Oyfn Pripetchek, etc.[1])[2] é uma canção Iídiche composta por Mark Warshawsky (1848–1907). A canção é sobre um rabi ensinando aos seus jovens estudantes o alef-beit. No final do século XIX, foi uma das canções mais populares dos judeus da Europa Central e Europa Oriental e, como tal, é uma importante memória musical da Europa pré-Holocausto.[3] A música ainda é cantada em jardins de infância judaicos.

A quarta estrofe introduz lamentos trágicos na música: "Quando, crianças, vocês envelhecerem / Vocês vão entender / Quantas lágrimas residem nessas letras / E quanto lamento."[4] As letras sugerem o ditado tradicional iídiche "A história dos judeus está escrita em lágrimas".[4]

Letra[editar | editar código-fonte]


{
% 0
 \tempo "allegro"
\numericTimeSignature \time 3/4 \key c \minor
 c'8 d'8 ees'8 ees'8 ees'4 d'8 f'8 ees'8 d'8 c'4 ees'8 bes8 ees'4 f'4 g'2.

% 2

c''8 g'8 bes'8 aes'8 f'8 d'8 f'8 aes'8 g'8 ees'8 c'4 d'8 f'8 ees'4 f'4 g'2. c''8 g'8 bes'8 aes'8 f'8 d'8 f'8 aes'8 g'8 ees'8 c'4 d'8 f'8 ees'4 d'4 c'2.
\bar "|"
}


Letra curta[editar | editar código-fonte]

Versões gravadas[editar | editar código-fonte]

A música foi apresentada em trilhas sonoras, incluindo:

A música é citada na Viola Sonata por Graham Waterhouse, intitulada Sonata ebraica (Sonata Hebraica), escrita entre 2012 e 2013, e gravada em 2015 por Hana Gubenko e Timon Altwegg que a encomendou e a estreou.[7]

Referências

  1. A palavra pripetshik é emprestada do russo pripechek, uma prateleira para um forno russo
  2. Walden, Joshua S. (2015). The Cambridge Companion to Jewish Music. [S.l.]: Cambridge University Press. p. 62. ISBN 1107023459 
  3. Holocaust related music.
  4. a b Rubin, Emanuel. Music in Jewish History and Culture. Harmonie Park Press, 2006, p. 186.
  5. «Soundtracks for "Brothers & Sisters" episódio Light the Lights». IMDB1. Consultado em 5 de maio de 2011 
  6. «Soundtracks for Billy Bathgate». IMDB2. Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  7. Preisser, Martin (11 de dezembro de 2015). «Die Bratsche in jüdischer Klage» (em alemão). Tagblatt. Consultado em 15 de janeiro de 2018 

http://soundcloud.com/gevolt/gevolt-alefbase-05-tum

Ligações externas[editar | editar código-fonte]