Pão Pão, Beijo Beijo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pão Pão, Beijo Beijo
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. aproximadamente
Criador(es) Walter Negrão
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) direção geralGonzaga Blota
e Henrique Martins
Atílio Riccó
Elenco Elizabeth Savalla
Maria Cláudia
Claudio Marzo
Lélia Abramo
Tema de abertura "Sanduiche de coração" - Rádio Taxi
Exibição
Transmissão original 28 de março de 1983 - 7 de outubro de 1983
N.º de episódios 167

Pão Pão, Beijo Beijo é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no tradicional horário das 18 horas, entre 28 de março a 7 de outubro de 1983, em 167 capítulos, substituindo Paraíso e sendo substituída por Voltei pra Você.[1] Foi a 26ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Escrita por Walther Negrão e dirigida por Gonzaga Blota e Henrique Martins.

Contou com Elizabeth Savalla, Cláudio Marzo, Maria Cláudia, Edwin Luisi e Lélia Abramo nos papéis centrais da trama.

Foi reapresentada em Vale a Pena Ver de Novo entre 22 de janeiro e 18 de maio de 1990, substituindo Brega & Chique e sendo substituída por Roda de Fogo, em 85 capítulos

Enredo[editar | editar código-fonte]

Para defender o humilde nordestino Soró Sereno em um acidente de trânsito, o misterioso Ciro Cerqueira, motorista de ônibus, acaba se envolvendo com a tradicional família da italiana Mamma Vittoria, proprietária de uma rede de cantinas na qual ele passa a trabalhar como executivo, e fica dividido entre o amor das netas da matriarca, a responsável Luísa e a sedutora Bruna, uma mulher que não mede esforços para conseguir, nem sempre limpamente, o que deseja. Detalhe importante: Bruna é a noiva do mimado Júlio, que, assim como Ciro e Luísa, é diretor das empresas. Ciro e Soró, ao mesmo tempo, tornam-se grandes amigos, e o nordestino vai trabalhar na casa de Mamma Vittoria como jardineiro.

A famosa cena em que Soró Sereno é atingido por um carro, retrata com cunho de critíca social, a opressão sofrida pela classe pobre e discriminada por sua simples condição humilde. Pelas ruas de nosso País assistimos sempre cenas como essas em que o remediado metido a Rico humilha o pobre.

Histórias paralelas[editar | editar código-fonte]

A novela teve ótimas tramas paralelas, como, por exemplo, a paixão proibida entre os primos Franco e Duda, o namoro entre Daniel e Nina, sem um saber que o outro era pobre, sendo que ele era filho de Gaspar, o zelador do prédio de Luísa, Bruna, Franco e da mãe destes, Gemma, e ela era filha de Joana, a cozinheira de Mamma Vittoria, etc.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elizabeth Savalla interpretou Bruna Cantarelli.
Maria Cláudia interpretou Luísa Cantarelli.
Ator Personagem
Elizabeth Savalla Bruna Cantarelli
Cláudio Marzo Ciro Cerqueira
Maria Cláudia Luísa Cantarelli
Arnaud Rodrigues Floriano Sereno (Soró)
Edwin Luisi Júlio
Lélia Abramo Vittoria Cantarelli (Mamma Vittoria)
Henrique Martins Mauro Bueno
Regina Dourado Laura Sereno (Lala)
Tássia Camargo Nina
Paulo Guarnieri Daniel
Laura Cardoso Donana Sereno
Laerte Morrone Luigi Cantarelli (Giggio)
Renata Fronzi Loretta Cantarelli
Paulo Gonçalves Gaspar
Dionísio Azevedo Altino
Norma Geraldy Nizi
Cinira Camargo Maria Emília (Mili)
Cássio Gabus Mendes Francuccio Cantarelli (Franco)
Élida L'Astorina Maria Eduarda Cantarelli (Duda)
Monique Alves Maria Helena Cerqueira Bueno
João Carlos Barroso Benedito Cantarelli (Benito)
Flora Geny Gemma Cantarelli
Mário Benvenutti Giuseppe Cantarelli (Guido)
Roberto Faissal Rubens
Cleyde Blota Joana
Paulo Vignolo Genival Cantarelli (Geninho)
Marcela Muniz Regina Sereno
Hugo Gross Nando
Chico Martins Malvino
Tânia Loureiro Mariana Sereno
Felipe Donavan Biro

Elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

capa: Um sandwich em forma de coração

  1. "Menina Veneno" - Ritchie
  2. "Rio Babilônia" - Jorge Ben
  3. "Eu Amo Amar Você" - Gilliard e Harmony Cats
  4. "Romance da Lua Lua" - Amelinha (tema de Soró)
  5. "De Qualquer Maneira" - Marcos Sabino
  6. "Sanduiche de Coração" - Rádio Táxi (tema de abertura)
  7. "Coisa Cristalina" - Wando
  8. "Renascer" - Zizi Possi
  9. "Praia de Ramos" - Dicró
  10. "Cabelos Negros" - Eduardo Dusek
  11. "Cumplicidade" - Otávio Burnier
  12. "Tema Para Um Grande Amor" - Paulo Soarez

Internacional[editar | editar código-fonte]

capa: Um casal na praia

  1. "Waiting For a Train" - Flash & The Pan
  2. "Total Eclipse of the Heart" - Bonnie Tyler
  3. "You Said You'd Gimme Some More" - K.C. & The Sunshine Band
  4. "And I'm Telling You I'm Not Going" - Jennifer Holliday
  5. "Hip Hop Be Bop (Don't Stop)" - Man Parrish
  6. "If You Were My Lady" - Glen Campbell & Diane Solomon
  7. "I Will Follow Him" - Claudja Barry
  8. "Give Me Your Heart Tonight" - Shakin' Stevens
  9. "First Love" - Nikka Costa
  10. "Reach Out" - Narada Michael Walden
  11. "Save Your Love" - Renée & Renato
  12. "The Words To Say I Love You" - Edward Reekers
  13. "Don't Make Me Wait" - Ferr Kinney
  14. "Misty Blue" - Dorothy Moore

Referências

  1. «Pão Pão, Beijo Beijo». Teledramaturgia. Consultado em 17 de dezembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.