Pênis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pênis
Male anatomy pt.svg
Latim penis
Gray assunto #262 1247
Vascularização artéria dorsal do pênis, artéria profunda do pênis, artéria do bulbo uretral
Drenagem venosa veias dorsais do pênis
Inervação nervo dorsal do pênis
Drenagem linfática linfonodos inguinais superficiais
Precursor tubérculo genital, dobras urogenitais
MeSH Penis

O pênis (português brasileiro) ou pénis (português europeu) (do latim penis, "pincel"), também conhecido como falo e fálus,[1] é o órgão sexual dos indivíduos do sexo masculino, dentre os vertebrados ou invertebrados que possuem órgãos sexuais. No ser humano, seu formato é cilíndrico; tem dimensões que variam tipicamente entre 9,16 centímetros (quando flácido) e 13,12 centímetros[2] no seu estado ereto; é formado por dois tipos de tecidos (dois corpos cavernosos e um corpo esponjoso)[3] e, em sua extremidade, observa-se uma fenda, que é a terminação da uretra, canal este que escoa o esperma e a urina. É, portanto, um órgão que atua em duas funções: na reprodução e na excreção.[4]

Anatomia

Anatomia e estruturas do pênis.
Callosobruchus analis, Bruchinae exibe um penis coberto de espinhos.

O pênis está dividido em partes internas e externas. O pênis externo está dividido em três partes: cabeça, corpo e raiz.[4] A cabeça é chamada glande e é o ponto mais sensível do pênis. Enquanto ele está flácido, a glande é envolvida por uma pele chamada prepúcio,[5] que serve para proteger a parte sensível do pênis ao ambiente externo e é conectada na parte inferior do pênis numa área chamada freio. Quando o pênis fica ereto, o prepúcio desloca-se para trás, deixando a glande exposta.[6]

O corpo é um prolongamento fálico e a raiz é a parte do pênis que está inserida dentro do corpo do homem.[7]

É comum a retirada do prepúcio através de cirurgia chamada postectomia (popularmente conhecida por circuncisão). Este procedimento é realizado por questões culturais, religiosas, estéticas ou de higiene. A cirurgia é também um método para solucionar a condição de indivíduos cujo prepúcio, com o pénis em ereção, não permite a exposição da glande (problema este chamado fimose) e, também, como pré-requisito para realização da cirurgia de aumento peniano.[8]

O interior do pênis é constituído pelos corpos cavernosos, corpo esponjoso[3] e pela uretra.[4] O corpo esponjoso é um tecido, situado na parte inferior do pênis, que envolve e protege a uretra. Os dois corpos cavernosos situam-se um ao lado do outro na parte superior do pênis.[3]

Na medicina tradicional chinesa, é acreditado que o pénis de cervo possui importantes propriedades terapéuticas.[9] [10] Farmácia chinesa em Yokohama, Japão por ¥100,000.

Puberdade

Na puberdade, os testículos começam a amadurecer e o pênis aumenta. O pênis cresce, mais ou menos, até aos 18 anos, e o crescimento na largura começa, aproximadamente, aos 11.[11] Durante o processo, os pelos púbicos crescem acima e em torno do pênis. É também no início da puberdade que se dão as primeiras ejaculações, normalmente durante o período em que o rapaz está a dormir (polução noturna).[12]

Fisiologia

O pênis, em sua função excretora, mantém-se no estado flácido. Nota-se que o corpo humano é incapaz de liberar, ao mesmo tempo, urina e esperma, pois existem músculos situados na entrada da bexiga, que se contraem, impedindo a mistura dos dois fluidos.[13]

Na função reprodutora do pênis, quando estimulado, ocorre a ereção. Na ereção, os corpos cavernosos inundam-se de sangue, num fluxo contínuo, promovendo, então, o seu aumento. Existe uma válvula que regula esse fluxo: o pénis só aumenta de tamanho até um certo limite.[14]

Na reprodução, o pênis ereto é introduzido na vagina da mulher e, através de espasmos musculares, é introduzido o esperma, líquido que contém os espermatozoides que deverão fecundar o(s) óvulo(s) que estiver(em) maduro(s) para ser(em) fecundado(s).[14]

O ato da introdução do pênis na vagina chama-se cópula ou coito (ver relação sexual humana).[15]

Tamanho

O crescimento do pênis ocorre assim que o menino adentra a puberdade, fase em que todas as características sexuais e os órgãos reprodutores começam a se desenvolver. O crescimento do pênis se dará, normalmente, até os 18 anos de idade. Durante esse processo, ocorre também o crescimento dos pelos púbicos.[4]

Como regra geral, o pênis de um animal é proporcional ao seu tamanho, mas tal fato varia muito entre as espécies. O gorila, por exemplo, apesar de seu tamanho grande, tem o pênis menor que o do chimpanzé. Comparativamente, o pênis humano é maior, em relação ao seu tamanho, do que o de qualquer outro primata[16] .

Aumento peniano

As soluções para o aumento do pênis, divulgadas na mídia, passam por técnicas manuais, bombas de vácuo, esticadores e cirurgia. A maioria dessas soluções, excetuando-se a cirurgia, não é comprovada cientificamente. A cirurgia de aumento peniano também é chamada faloplastia, e envolve, tanto a Cirurgia do Ligamento Suspensor[17] com objetivo de aumento no comprimento do pênis, como a "Injeção de PMMA no corpo Peniano", para engrossamento do órgão. É necessária uma cirurgia de fimose (postectomia), antes de efetuar o procedimento.[8]

Ver também

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 302.
  2. How big is the average penis? por David Shultz em 3/mar/2015 na revista "AAAS" (American Association for the Advancement of Science)
  3. a b c Aula de Anatomia. Sistema Genital Masculino - Pênis. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  4. a b c d InfoEscola. Pênis - Anatomia do Sistema Reprodutor Masculino. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  5. Seu Pênis. Prepúcio. Visitado em 14 de janeiro de 2012.
  6. Aumento Peniano Plenus. Bioplastia da Glande. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  7. ABC da Saúde. Fimose. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  8. a b Uroped. Circuncisão - Perguntas frequentes. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  9. Charles Stafford. The Roads of Chinese Childhood: Learning and Identification in Angang. [S.l.]: Cambridge University Press, 1 June 2006. ISBN 978-0-521-02656-7
  10. Richards, John F. The Unending Frontier: An Environmental History of the Early Modern World. [S.l.]: University of California Press, 2006. p. 99. ISBN 0-520-24678-0
  11. Portal da Saúde. A saúde dos adolescentes e jovens. Visitado em - competências e habilidades.
  12. Sua Pesquisa. Puberdade. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  13. ABC da saúde. Tamanho do Pênis. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  14. a b Cama na Rede. Orgasmo. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  15. Dicionário online. Cópula. Visitado em 10 de janeiro de 2012.
  16. Por que o Homem é o primata com o maior pênis? Superinteressante (Junho de 2008). Visitado em 06 de janeiro de 2012.
  17. Junior, Adalberto. Sociedade brasileira de urologia - Aumento peniano.