Pío Leyva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pío Leyva
Informação geral
Nome completo Pío Leyva
Nascimento 5 de maio de 1917
Local de nascimento Morón
 Cuba
Data de morte 22 de março de 2006 (88 anos)
Gênero(s) Música latina, música cubana.
Ocupação(ões) Músico
Outras ocupações Compositor, cantor.

Pío Leyva (Morón, 5 de maio de 191722 de março de 2006), é tido com um dos ícones da música cubana. Maestro e crooner, possuía uma voz marcante, que não diferentemente marcou a música cubana[1] .

Leyva participou do sucesso Buena Vista Social Club, que pelas mãos de Win Winders e Ray Cooder girou o mundo e colocou a música cubana novamente em destaque. Ao lado de Ibrahim Ferrer, Omara Portuondo, "Puntillita", Compay Segundo e outros, Pío é considerado um dos mestres do Cuaguancó, ritmo consagrado pela velha guarda cubana[2] .

Em 2002, novamente pelas mãos de Winders, Pío Leyva mostrou seu talento, na época com 85 anos de idade, mostrou fôlego para atuar no CD/DVD The Songs of Cuba, trabalho pós Buena Vista que apresenta as novidades da música cubana, muitas delas inspiradas pelos grandes mestres do Buena Vista Social Club[3] .

Nascido em 1917, morador de Miramar, Pío Leyva possui firmação musical clássica, porém, assim como muitos artistas cubanos, foi levado pelo swing e sensualidade da popular música cubana, do mambo até a salsa. Leyva, que ganhou uma competição de bongô aos seis anos de idade e que estreou na carreira em 1932, será sempre lembrado pelo carisma que possuia.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cuba é um esboço relacionado ao Projeto América Central. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.