Públio Semprônio Sofo (cônsul em 268 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Públio Semprônio Sofo
Cônsul da República Romana
Consulado 268 a.C.

Públio Semprônio Sofo (em latim: Publius Sempronius Sophus) foi um político da gente Semprônia da República Romana eleito cônsul em 268 a.C. com Ápio Cláudio Russo. Era filho de Públio Semprônio Sofo, cônsul em 304 a.C..

Consulado (268 a.C.)[editar | editar código-fonte]

Foi eleito cônsul em 268 a.C. com Ápio Cláudio Russo. Os dois cônsules terminaram a campanha contra os picenos, iniciada no ano anterior, na Batalha de Ascoli, colocando definitivamente a região sob controle romano.[1][2][3][4]

Durante seu mandato, foram estabelecidas as colônias de Benevento e Arímino.[3][5][1]

Anos finais[editar | editar código-fonte]

Foi eleito censor em 252 a.C.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
'Quinto Ogúlnio Galo

com Caio Fábio Pictor

Ápio Cláudio Russo
269 a.C.

com Públio Semprônio Sofo

Sucedido por:
'Lúcio Júlio Libão

com Marco Atílio Régulo


Referências

  1. a b Eutrópio II 16
  2. Floro I 14, 2; Paulo Orósio IV 4, 5ss.
  3. a b Lívio, Ab Urbe Condita Epit. 15
  4. Frontino, Strategemata I 12, 3
  5. Veleio Patérculo I 14, 7
  6. Valério Máximo VI 3, 12; Plutarco, Quaestiones Romanae 14.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Broughton, T. Robert S. (1951). «XV». The Magistrates of the Roman Republic. Volume I, 509 B.C. - 100 B.C. (em inglês). I. Nova Iorque: The American Philological Association. 578 páginas