Polícia Militar do Amazonas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de PMAM)
Ir para: navegação, pesquisa
Polícia Militar do Amazonas
Brasão PMAM.PNG
Brasão da PMAM
País  Brasil
Estado  Amazonas
Corporação Polícia Militar
Subordinação Secretaria Estadual de Segurança
Sigla PMAM
Criação 1835[1]
Aniversários 4 de abril
Marcha Canção da PMAM
História
Guerras/batalhas Guerra do Paraguai
Guerra de Canudos
Revolta do Acre
Logística
Efetivo 10.000 PMs
Sede
Comando Geral Manaus
Internet Página Oficial

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) integra o sistema de segurança pública e defesa social do Brasil, com a função primordial de policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública estadual; além de outras atribuições previstas na legislação federal e estadual. Seus integrantes são denominados militares dos Estados,[2] e a corporação é força auxiliar e reserva militar do Exército Brasileiro.[3]

Histórico da PMAM[editar | editar código-fonte]

A corporação foi criada em 4 de abril de 1837, pelo então Presidente da Província do Pará, General Soares d'Andrea, com a missão de combater a rebelião iniciada em Belém, conhecida como Cabanagem (1835-1840).[1]

Guerra de Canudos

O conflito mobilizou aproximadamente doze mil militares, oriundos de dezessete estados brasileiros, distribuídos em quatro expedições. E na quarta expedição, sob o comando do General Artur Oscar Andrade Guimarães, a PMAM participou do conflito com o 1º Batalhão de Infantaria sob o comando do Tenente-coronel Cândido Mariano.[1]

Revolução Acriana

Atuou também contra a invasão boliviana no início do século, quando o exército boliviano ocupou o rio Acre e seus afluentes.

Segunda Guerra Mundial

No decorrer da 2ª guerra mundial, a Polícia Militar do Amazonas colaborou com o esforço de guerra, na produção da borracha; auxiliando no policiamento e organização do transporte dos soldados da borracha, na construção de hospedarias para emigrantes, e nos serviços do Porto de Manaus.[1]

Denominações[editar | editar código-fonte]

Desde a sua fundação a corporação recebeu as seguintes denominações:[1]

  • 1835 - Guarda Policial;
  • 1887 - Corpo Policial do Amazonas;
  • 1890 - Batalhão Militar de Segurança;
  • Regimento Militar do Estado;
  • Batalhão Militar;
  • 1935 - Força Policial do Estado.
  • 1938 - Polícia Militar do Estado do Amazonas

Estrutura operacional[editar | editar código-fonte]

Comando de Policiamento Metropolitano[editar | editar código-fonte]

Comando de Policiamento de Área - Norte

Comando de Policiamento de Área - Sul

O Comando de Policiamento de Área (CPA - Sul) foi criado com a antigo 4° Batalhão de Polícia Militar, através do Plano de Revitalização de Segurança Pública.[4]

  • 1ª Companhia Interativa Comunitária
  • 2ª Companhia Interativa Comunitária
  • 3ª Companhia Interativa Comunitária
  • 7ª Companhia Interativa Comunitária
  • Força Tática

A Força Tática atua no patrulhamento ostensivo motorizado, atua geralmente pela madrugada nos lugares mais perigosos da cidade, se divide de acordo com as divisões regionais da cidade de Manaus.

Comando de Policiamento de Área - Leste

Comando de Policiamento de Área - Oeste

Comando de Policiamento de Área - Centro-Sul

Comando de Policiamento de Área - Centro-Oeste

Batalhão de Polícia de Trânsito

Comando de Policiamento no Interior[editar | editar código-fonte]

Comando de Policiamento Especial[editar | editar código-fonte]

1º Batalhão de Choque

2º Batalhão de Choque

Os batalhões de choque (BPChq) são unidades especializadas no controle de distúrbios civis. Além de restaurar a ordem pública, os BPChq são responsável também pela revista em presídios no Estado do Amazonas.

Regimento de Policiamento Montado

O Regimento de Policiamento Montado (RPMon) é a unidade especializada em policiamento montado; bem como, ações de polícia de choque montado, guardas, equitação e equoterapia. O RPMon foi criado em 1988, como um Esquadrão de Policia Montada.[5] E no ano de 2002 recebeu a denominação de Regimento Coronel Bentes, uma homenagem a seu primeiro comandante.

Companhia Independente de Policiamento com Cães

A Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) é a unidade especializada na busca e localização de pessoas, armas, drogas e artefatos explosivos. Ela também atua na manutenção da ordem pública, em casos de distúrbios civis, e no policiamento de eventos esportivos.

Companhia de Operações Especiais

Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos

O Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (MARTE) é responsável pelo atendimento em ocorrências que envolvam o manejo, neutralização ou desativação de artefatos explosivos.

Grupamento Aéreo

O Grupamento Aéreo (GRAER) é responsável pelo policiamento aéreo através de helicópteros da Polícia Militar no Estado do Amazonas. Sua base está localizada no quartel do Batalhão de Choque.

Comando de Policiamento Ambiental[editar | editar código-fonte]

Batalhão de Polícia Ambiental

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) é responsável pela prevenção de crimes ambientais; atuando com viaturas e barcos no patrulhamento dos rios do Estado.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d e Página oficial da Polícia Militar do Amazonas.
  2. Artigo 42 da Constituição de 1988.
  3. Constituição de 1988 da República Federativa do Brasil, Título V, Artigo 144, Parágrafo 6º.
  4. Lei nº 088, de 18 de Maio de 2007. Publicado no Diário Oficial do Estado, de 18 de Maio de 2007.
  5. Decreto estadual nº 11.015, de 24 de março de 1088.