Paçô

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
 Portugal Paçô  
—  Freguesia  —
Localização no concelho de Arcos de Valdevez
Localização no concelho de Arcos de Valdevez
Paçô está localizado em: Portugal Continental
Paçô
Localização de Paçô em Portugal
Coordenadas 41° 50' 10" N 8° 24' 45" O
País  Portugal
Concelho AVV - Arcos de Valdevez.png Arcos de Valdevez
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Cindy Elisabete Cerqueira Loureiro (PPD/PSD)
Área
 - Total 4,6 km²
População (2011)
 - Total 933
    • Densidade 202,8 hab./km²

Paçô é uma freguesia portuguesa do concelho de Arcos de Valdevez, com 4,6 km² de área e 933 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional é 202,8 hab/km².

População[editar | editar código-fonte]

Evolução da População  1864 / 2011
População da freguesia de Paçô [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
463 558 607 604 679 707 733 812 830 850 690 718 776 861 933
Evolução da População  1864 / 2011
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 168 117 442 134 19,5% 13,6% 51,3% 15,6%
2011 132 118 514 169 14,1% 12,6% 55,1% 18,1%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Praia do Paçô ou dos Ingleses[editar | editar código-fonte]

O acesso à praia, entre campos verdejantes, alimenta a curiosidade. A sul, ergue-se a colina de Montedor, com o seu farol. Em estado de abandono, mas conservando a imponência de outros tempos, o Forte do Paçô é um bom exemplar da arquitectura militar seiscentista. Possui um areal considerável, galardoado há vários anos com bandeira azul, mar com pouca ondulação e formações rochosas nos extremos da praia. Preserva ainda um conjunto de casas de pedra (uma dela convertida em casa de férias), exemplares da arquitectura popular, que serviam para guardar antigos apetrechos de pesca. [3]

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 3 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  3. Guia Visão das Praias (2004), pág. 16-18.


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.