Paço Episcopal de Faro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paço Episcopal
Paço Episcopal de Faro
Nomes alternativos Palácio Episcopal de Faro
Inauguração 1585
Património Nacional
SIPA 4521
Geografia
País Portugal Portugal
Local Faro
Coordenadas 37° 00′ 49,89″ N, 7° 56′ 06,16″ O

O Paço Episcopal de Faro, igualmente conhecido Palácio Episcopal de Faro, é um edíficio histórico na cidade de Faro, na região do Algarve, em Portugal. Funciona como sede da Diocese do Algarve.

Pormenor do piso superior e da cobertura, mostrando as janelas de sacada e os telhados em tesoura.

Descrição e história[editar | editar código-fonte]

O Paço Episcopal de Faro está situado no Largo da Sé, no centro histórico de Faro.[1] É considerado um exemplar notório de uma casa urbana senhorial, sendo de destacar a forma dos seus múltiplos telhados, em tesoura.[2] O edifício é considerado um dos mais importantes exemplos do Chão no Algarve.[3] Tem uma planta longitudinal, com dois pisos, sendo a fachada principal de forma rectilínea, aberta por janelas de sacada arquitravadas, com guardas em metal.[3] O portal principal, com uma janela no topo, é de traça Rococó.[3] No interior, destacam-se os azulejos do século XVIII, que forram o átrio, a escadaria para o piso superior, e as salas de aparato, e que são o principal conjunto de azulejaria no estilo Rocaille na região.[3] É igualmente de realçar o mobiliário na biblioteca, principalmente as estantes do período barroco, decoradas com entalhes e motivos chinoiserie.[3]

Foi construído em 1585,[1] passando por várias fases de obras até ao Século XVIII.[2] Foi instalado para servir como a residência oficial do bispo, tendo sido provavelmente encomendado por D. Afonso de Castelo Branco.[3] A sua instalação inicial correspondeu à transferência da sede do Episcopado de Silves para Faro.[carece de fontes?] Após o Sismo de 1755, passou por trabalhos de reconstrução e expansão, ficando a ocupar o quarteirão inteiro.[3] Voltou a ser alvo de obras no Século XX.[3]

Estiveram aqui instalados a Escola de Alunos Marinheiros e, posteriormente, o Departamento Marítimo.[carece de fontes?] Entre 2004 e 2005 foi alvo de obras de restauro por parte do Instituto Português do Património Arquitectónico.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c FERNANDES e JANEIRO, 2005:34
  2. a b FERNANDES e JANEIRO, 2008:82
  3. a b c d e f g h «Paço Episcopal». Câmara Municipal de Faro. Consultado em 7 de Outubro de 2020 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Leitura recomendada[editar | editar código-fonte]

  • LAMEIRA, Francisco I. C.; RAMOS, Hélio (2001). Faro: Edificações Notáveis 2.ª ed. Faro: Câmara Municipal de Faro. p. 89 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre o Paço Episcopal de Faro

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um edifício é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.