Países Baixos Burgúndios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.



Bourgondische Nederlanden
Países Baixos Burgúndios

União pessoal de feudos imperiais e franceses

1384 – 1482
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Países Baixos
Os Países Baixos no final do reinado de Carlos, o Audaz (1477)
Continente Europa
País Países Baixos
Capital Mechelen (1473–1477)
Língua oficial Neerlandês, Baixo saxão, frísio ocidental, valonês, luxemburguês, francês
Religião Catolicismo
Governo Monarquia composta
História
 • 1384 Fundação
 • 1482 Dissolução

Na história dos Países Baixos, os Países Baixos Burgúndios (em francês: Pays-Bas bourguignons, em neerlandês: Bourgondische Nederlanden, em luxemburguês: Burgundeschen Nidderlanden) foi um pequeno feudo controlado pelo Sacro Império Romano-Germânico e a França, de 1384 a 1482, em uma união pessoal entre as casas reais de Borgonha e Habsburgo. Eles constituíam a parte norte do Estado da Borgonha. A área compreendia as principais partes da atual Bélgica, Países Baixos, Luxemburgo e Altos da França.[1][2]

Referências

  1. Panofsky, Erwin (1947). Early Netherlandish Painting: Its Origins and Character. Cambridge: Harvard University Press 
  2. Prevenier, W.; Blockmans, W. (1986). The Burgundian Netherlands. New York: Cambridge University Press. ISBN 0-521-30611-6 


Ícone de esboço Este artigo sobre Estado extinto é um esboço relacionado ao Projeto História e Sociedade. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.