Pablo Felipe Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pablo
Pablo
Pablo no Athletico-PR em 2018.
Informações pessoais
Nome completo Pablo Felipe Teixeira
Data de nasc. 23 de junho de 1992 (26 anos)
Local de nasc. Cambé (PR), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,85 m
Destro
Apelido Pablomovic, Ibra da Baixada,
CR7 das Araucárias
Informações profissionais
Período em atividade 2011–presente (7 anos)
Clube atual Atlético Paranaense
Número 92
Posição Atacante
Clubes de juventude
2006–2011 Atlético Paranaense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–
2013
2014
2014
2015
Atlético Paranaense
Figueirense (emp.)
Real Madrid Castilla (emp.)
Figueirense (emp.)
Cerezo Osaka (emp.)
0145 000(34)
0027 0000(8)
0004 0000(0)
0020 0000(4)
0040 0000(8)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 12 de dezembro de 2018.

Pablo Felipe Teixeira, mais conhecido como Pablo ou Pablo Felipe (Cambé, 23 de junho de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Atlético Paranaense.

Em 2018 foi campeão, artilheiro e líder em assistências da Copa Sul-Americana, jogando pelo Furacão (Atlético Paranaense).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Londrina e criado em Cambé, Paraná. Pablo foi revelado pelas categorias de base do Atlético Paranaense, terminou sua graduação com a instalação de jovens do clube. Foi convocado várias vezes para jogos da equipe principal desde 2010, porém, foi estrear em 31 de agosto de 2011, na derrota por 1 a 0 em casa contra o Atlético Mineiro. Acabou fazendo seu primeiro gol no empate em 1 a 1 contra o Rio Branco no Campeonato Paranaense de 2013 no Ecoestádio.

Figueirense[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2013, Pablo foi emprestado ao Figueirense Futebol Clube, que na época disputava a Série B. Foi o destaque da equipe no campeonato jogando 25 partidas durante o campeonato e marcando oito gols. Retornou ao Figueirense para jogar o Brasileirão de 2014, depois de um período emprestado para o Real Madrid Castilla, onde jogou 20 partidas e anotou 4 gols.

Real Madrid Castilla[editar | editar código-fonte]

Em 8 de janeiro de 2014, Pablo chegou ao Real Madrid Castilla, em um acordo de empréstimo de seis meses. Ele fez sua estréia na segunda divisão três dias mais tarde, jogando os últimos 21 minutos de um empate de 2 a 2 em casa contra o Real Murcia. Jogou 4 partidas pelo Real Madrid Castilla, não marcando nenhum gol.

Cerezo Osaka[editar | editar código-fonte]

Foi emprestado para o Cerezo Osaka em 2015, para jogar o J-League, foi um dos destaques do clube japonês, onde jogou 40 partidas e marcou 8 gols.

Retorno ao Atlético Paranaense[editar | editar código-fonte]

Após dar a volta no mundo, Pablo voltou ao Atlético Paranaense para continuar sua história no clube. Chegou no inicio de 2016 sem saber qual seria o futuro, após algumas propostas de empréstimos feitas por alguns clubes Brasileiros que foram recusadas pelo Athlético Paranaense, Pablo entrou nos planos do clube, jogou o Paranaense de 2016, no qual o Furacão se sagrou campeão.

Em 2018 se sagrou campeão da Copa Sul-Americana com a equipe do Furacão. Vestindo a enigmática camisa número 5 (em homenagem a seu pai, que utilizava esta numeração quando jogava futebol), Pablo foi um dos artilheiros da competição com 5 gols, sendo 2 deles nos jogos da final contra o Junior Barranquilla. O elenco, chamado de time de guerra, junto ao atacante Pablo, este conhecido como "O Soldado Atleticano", levou a equipe rubro-negra ao primeiro título internacional de sua história.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]