Pablo de Sarasate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pablo de Sarasate
Nascimento 10 de março de 1844
Pamplona
Morte 20 de setembro de 1908
Biarritz
Cidadania Espanha
Irmão(s) Francisca Sarasate
Alma mater
Ocupação compositor, violinista
Prêmios
  • Grã-Cruz da Ordem de Isabel, a Católica
  • Grã-Cruz da Ordem Civil de Afonso XII (1907)
Obras destacadas Zigeunerweisen
Causa da morte bronquite

Pablo Martín de Sarasate (Pamplona, 10 de março de 1844Biarritz, 20 de setembro de 1908) foi um violinista e compositor espanhol do período Romântico.[1] Suas composições, em geral para peças de recital para violino, demonstram grande técnica e interpretação apaixonada.

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

Entre suas obras-chaves, se encontram:

  • Caprice basque, Op. 24 para Violino e Piano;
  • Fantasia Carmen, op.25 para Violino e orquestra (1883);
  • Zigeunerweisen (Melodias Ciganas - 1878).

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Geoffrey Hindley, ed. (1982). «The Age of Polyphony: The music of Spain» e «Music in the Modern World: Spanish music in the 19th and 20th centuries». The Larousse Encyclopedia of Music (em inglês) 2ª ed. Nova York: Excalibur. ISBN 0-89673-101-4 


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.