Paio Mendes, arcebispo de Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paio Mendes
Arcebispo da Igreja Católica
Arcbishoppallium.png
Arcebispo de Braga
D. Paio Mendes - Galeria dos Arcebispos de Braga.png
D. Paio Mendes na Galeria dos Arcebispos de Braga

Título

Primaz das Espanhas
Ordenação e nomeação
Nomeado arcebispo 1067
Dados pessoais
Morte 1096?
Funções exercidas Bispo de Meneido
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Paio (Pelágio) Mendes da Maia (? - Braga, 1137) foi um arcebispo português do século XII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de D. Mendo Gonçalves da Maia, 3.° Senhor da Maia, Rico-Homem, falecido depois de 1065, e de sua mulher Ledegunda Soares Taínha de Baião.

Mendes era patronímico (filho de Mem ou Mendo), pelo que não se pode dizer com propriedade que D. Paio pertencia à família dos Mendes, tendo como irmãos D. Gonçalo Mendes da Maia e D. Soeiro Mendes da Maia, e como irmã Doroteia Mendes da Maia, documentada em 1072, 1088 e 1102 e falecida depois dessa data, mulher de Pelaio Gutierriz, falecido depois de 1088.

Considerado por alguns historiadores como o verdadeiro aio de D. Afonso Henriques, em vez de Egas Moniz[desambiguação necessária], foi um ardente defensor da causa do infante contra D. Teresa. Conselheiro do monarca, viajou com ele até Zamora.

D. Paio foi o arcebispo de Braga entre 1118 e 1137. Em 1128, ordenou a construção de um edifício de 5 capelas na cabeceira da Sé de Braga, que havia sido danificada num sismo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Maurício Burdino
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo Primaz de Braga

1118 - 1137
Sucedido por
João Peculiar
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.