Paixão (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paixão
Força de Viver (1.ª temporada)
A Hora da Vingança (2.ª temporada)
Informação geral
Formato Telenovela
Género Drama
Romance
Suspense
Duração 60 minutos
Criador(es) Filipa Poppe
Joana Andrade
País de origem Portugal Portugal
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) SP Televisão
SIC
Elenco Margarida Vila-Nova
Albano Jerónimo
Marco Delgado
Joana Solnado
(ver mais)
Tema de abertura "Paixão", HMB
Tema de encerramento "Paixão", HMB
Localização Faro, Algarve
Exibição
Emissora de televisão original SIC
Formato de exibição 16:9 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 18 de setembro de 2017 – 24 de setembro de 2018
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 320 no total
143 (1.ª temporada)
177 (2.ª temporada)
Cronologia
Amor Maior
Alma e Coração

Paixão foi uma telenovela portuguesa produzida pela SP Televisão exibida pela SIC de 18 de setembro de 2017 a 24 de setembro de 2018, substituindo Amor Maior e sendo substituída por Alma e Coração.

Entrou nos últimos episódios a 10 de setembro de 2018.

Contou com Albano Jerónimo, Margarida Vila-Nova, Joana Solnado e Marco Delgado nos papéis principais.

As gravações decorreram no Algarve e na África do Sul.

Paixão recebeu a medalha de bronze da categoria de “Telenovela” na 7.ª gala do World’s Best TV & Films, em abril de 2018.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Miguel Guerreiro (Albano Jerónimo) e Luísa Marreiros (Margarida Vila-Nova) cresceram juntos no Algarve e são apaixonados um pelo outro desde a adolescência. Ele, filho de Maria Paula Guerreiro (Rita Blanco), viúva e dona de vários hectares de laranjeiras e de tangerineiras; ela, oriunda de uma família abastada, os Marreiros, donos de uma cadeia de resorts espalhados pelo mundo.

1.ª temporada[editar | editar código-fonte]

Miguel e o pai de Luísa, Alexandre Marreiros (Rui Morrison), homem arrogante e controlador, têm uma relação conflituosa desde sempre. Para o patriarca dos Marreiros, Miguel nunca será digno de casar com a sua filha mas, na verdade, existe uma forte razão para este ódio. Alexandre é irmão de Isabel Galvão e, quando descobre que Maria Paula Guerreiro se apaixonou e foi amante do marido da sua irmã, João Galvão, o seu ódio pela família Guerreiro cresce.

As famílias Galvão e Marreiros têm a tradição de passar as férias de Verão fora do país. Desde o desaparecimento de Sofia Galvão, quando tinha apenas seis anos, que as reuniões familiares são dolorosas. No entanto, Isabel aceita manter a tradição e, quando a trama começa, as férias são passadas numa reserva natural na África do Sul. Para além dos Galvão e dos Marreiros, foram também convidados para as férias Miguel, na condição de namorado de Luísa, e Zé (Marco Delgado), o protegido de Alexandre. Zé é filho do motorista dos Marreiros e de uma empregada dos Galvão.

Aos quinze anos fica órfão, mas Alexandre não o deixa desamparado. Paga-lhe o curso de gestão e arranja-lhe emprego no casino do resort. No entanto, a inveja e ambição desmedidas de Zé, que sempre quis ser tão rico como os Marreiros, faz com que aproveite o facto de as famílias estarem na África do Sul para planear um assalto à mansão da família. Zé sabe que Alexandre guarda no cofre do escritório a sua coleção de relógios, joias e dinheiro não declarado que desvia do casino do resort e leva a cabo o plano. Tudo parece correr bem, até que Zé percebe que Alexandre mandou um ex-polícia investigar o assalto e é informado por um dos seus aliados de que Paulo já sabe da verdade. Encurralado, não tem outra alternativa senão fugir para Portugal, onde tenciona pegar na sua parte do dinheiro e desaparecer. Zé, que é secretamente tão apaixonado por Luísa quanto Miguel, sabe que a fuga implica ficar longe de Luísa para sempre, mas não tem alternativa.

Na África do Sul, Miguel descobre que Alexandre enganou Maria Paula com um contrato comercial falso e a chantageou, prometendo salvar a empresa da falência caso ela afaste o filho de Luísa. Ofendido e furioso, Miguel insurge-se em defesa de Maria Paula e ataca Alexandre. Durante o confronto, Alexandre, atordoado, desequilibra-se e cai da varanda. Na verdade, a perturbação do patriarca é consequência da notícia que recebeu momentos antes: foi Zé quem ordenou o assalto a sua casa. O choque de saber que o afilhado o traiu provoca-lhe um enfarte. Miguel, achando que foi o responsável pela queda e ao ver que Alexandre não reage, sai para ir buscar ajuda. Tudo o que quer é salvá-lo.

No momento em que estás prestes a fugir, Zé vê Alexandre cair da varanda e encontra ali a sua oportunidade para resolver o problema do assalto e ficar livre consequências. Aproxima-se do padrinho e, sem hesitação ou remorso, estrangula-o. Pouco depois, Miguel regressa com alguns membros da família para encontrarem Alexandre já sem vida. Zé aproveita este momento para afastar definitivamente Miguel de Luísa e acusa-o de ter empurrado Alexandre da varanda. Incrédulo e desesperado com o que ouve, Miguel diz a Luísa que Zé está a mentir e o que aconteceu foi um acidente. Miguel é preso e condenado a dez anos de prisão por homicídio, cumprindo pena na África do Sul. Quando é libertado, o jovem encontra Luísa, o amor da sua vida, casada com o homem que o traiu e mãe de uma filha, Catarina (Matilde Serrão). Miguel está determinado a colocar o passado para trás das costas e recusa voltar para Portugal. Recomeça a vida na África do Sul, longe das recordações que lhe trazem mágoa e disposto a esquecer que Luísa reconstruiu a sua vida com Zé.

No entanto, Miguel acaba mesmo por voltar ao Algarve quando o irmão, Filipe Guerreiro (Miguel Nunes), fica entre a vida e a morte depois de ser brutalmente espancado. Durante o tempo que permanece em Portugal, Miguel descobre que é pai de Catarina. Nesse momento, toma a decisão de não voltar à África do Sul e lutar pela filha, disposto a recuperar os dez anos que perdeu da vida dela. Enquanto tenta reconstruir a sua vida e afastar o estigma de ter sido o assassino do sogro, Miguel descobre também que a autópsia deste foi falsificada e que a causa de morte não foi aquela pela qual foi condenado.

Nesse instante, Miguel enceta uma luta para descobrir quem foi o verdadeiro assassino, durante a qual se sente várias vezes num beco sem saída. Já Zé, receoso que Luísa e Miguel se reaproximem, que este descubra que foi ele o assassino de Alexandre e ainda que o faça perder tudo o que conquistou, não olhará a meios para o afastar do Algarve e da sua família.

Dez anos depois, Miguel e Luísa voltam a reencontrar-se e a paixão que sentiam um pelo outro renasce. Dez anos depois, este parece ser um amor impossível. Dez anos depois, Luísa e Miguel têm de lutar contra tudo e todos para conseguirem, finalmente, ser felizes.

Luísa faz queixa de Zé a um inspetor da PJ e revela que este admitiu que matou os seus pais. Depois de ouvir tudo o inspetor assente em abrir o processo. Para pôr Zé em prisão preventiva, decidem comprar um bilhete de avião em seu nome.

Castro vê Zé a tratar dos curativos e este revela que foi Luísa quem o agrediu por achar que foi ele quem matou os seus pais. Castro perguntava-lhe se foi mesmo ele é Zé nega.

Bé desabafa com Tiago que não aguenta com ficar a viver na mesma casa com Ana Rita. Este duvida que ela seja capaz de viver longe daquele luxo mas Bé não se sente bem ali.

Manel espera por Vera que está na sessão fotográfica. O fotógrafo vai se aproximando dela e toca-lhe de forma lasciva. Sem que ele veja, Vera faz uma chamada a Manel que ouve tudo o que se está a passar. Tiago também se apercebe e ambos invadem o quarto. Tiago dá um murro no fotógrafo e avisa-o Para nunca mais se aproximar da irmã. Vera fica em pânico mas agarra-se ao irmão, deixando-o emocionado.

João oferece dinheiro a Ana Rita para se ir embora e Afonso reage mal ao ver aquilo. Chama cobarde ao pai e acusa-o de se estar a defender. Por fim, Afonso diz ao pai que é ele quem se devia matar.

A seguir, Afonso foge para as cavalariças e acaba por contar toda a verdade a Ana Rita. Quando eram crianças, depois de uma discussão com Isabel, João atropelou Sofia, sem querer, por estar embriagado. Afonso vê o pai sair de carro com Sofia no carro como se estivesse a dormir. Horas mais tarde, João e Isabel chamam a policia e dão Sofia como desaparecida. Afonso, ainda criança, percebe que o pai está a mentir. Quando o conforta, João espanca-o com um cinto e é Marilia quem consola o jovem. Sozinho, no quarto da irmã, Afonso vê o vídeo que regista o atropelamento da irmã e Marilia entra no quarto para o consolar. Também fica em choque com o que vê e como forma de proteger Afonso, fica ela com o vídeo.

Afonso sente-se culpado e Ana Rita está em choque com tudo o que acabou de ouvir.

O inspetor Diogo vai ao resort e detém Zé pelo homicídio de Alexandre e Leonor Marreiros. Este nega tudo mas como tem um bilhete de avião em seu nome, fica detido em prisão preventiva. Zé debate-se mas é levado, algemado e vive a derradeira humilhação diante de toda a gente, incluindo Luísa e Miguel.

Dias depois, no aniversário de Catarina, Maria Paula oferece à neta um cachorro. Miguel, por sua vez, dá um fio com uma medalhinha, semelhante a uma que recebeu de Luísa, anos antes.

Na casa de acolhimento, Vicente é surpreendido pela chegada do seu avô que descobriu há pouco tempo que tem ali um neto. Todos ficam em choque, incluindo a criança.

Gil oferece a casa a Alice e decide ir viajar com Jessica. Esta fica emocionada e acaba por aceitar.

Na cela da prisão, Zé sente um grande vazio e agarra as barras de ferro, em desespero.

Em África do Sul, Helena recomeça a sua vida a trabalhar numa reserva natural.

Ana Rita e Afonso fogem da herdade sem se despedirem de ninguém. Saem, silenciosos.

Diana sente saudades de Duarte. Este está em Lisboa ao lado de Marina que desperta do coma profundo.

Durante a festa de Catarina no resort, todos estão muito bem dispostos, exceto César, um negro moçambicano que tem um semblante carregado. Todos comem e bebem animados e quando chega a altura de cantar os parabéns, Luísa repara em César e fica estarrecida quando o vê dirigir-e a Miguel com uma faca. Luísa tenta chegar a Miguel e coloca-se entre ele e a faca. César foge e Miguel só percebe o que se passa quando esta cai e se esvai em sangue, ficando desfigurado de dor.

2.ª temporada[editar | editar código-fonte]

Sete meses depois, Catarina conta ao pai que vai ter uma nota brilhante a Educação Visual e o pai fica feliz.

À saída do tribunal, Zé é libertado pois não foram encontradas provas suficientes para o incriminar. O Dr. Antunes, Júlia e Tomás saem atrás dele, furiosos.

No quarto do hospital, Luísa vê a notícia da libertação de Zé na televisão. Tem tudo preparado para voltar para casa. Catarina e Miguel entram nesse momento e Catarina abraça a mãe. Miguel tenta consolá-la mas Luísa não se conforma com a impunidade de Zé. A médica que a seguiu vem despedir-se e elogia a sua recuperação.

Luísa, Miguel e Catarina caminham pela praia e a criança percebe que a mãe está triste. Ao longe alguém os fotografa mas não percebemos quem é.

Em África do Sul, Helena está no cemitério a por umas flores na campa da avó quando recebe uma chamada de Nazaré.

Na fábrica de laranjas, Laura canta os parabéns a Camila e a Filipe por seis meses de namoro. Os dois riem-se da parvoíce de Laura e até acham piada.

Na herdade, Bé e Teresa conversam e nenhuma delas está muito próxima dos pais, desde que Afonso e Ana Rita se foram embora. Teresa também não perdoa o pai por ter encoberto Zé em tribunal.

João tenta fazer Isabel reagir mas esta sente que os filhos todos a abandonaram. Isabel comenta que Zé foi absolvido e recrimina o marido por não ter dito a verdade. João pega-lhe na mão e tenta levá-la a jantar fora mas Isabel não tem disposição. Teresa surpreende a mãe com a presença de Bé que abraça a mãe.

Na casa de acolhimento, Joana vê um vídeo na net, desanimada. Guilhas agora é um youtuber famoso e ela sente muitas saudades dele, mesmo quando ele lhe dedica vídeos.

Tiago traz Vera de volta depois de um fim de semana com ele e com Bé. Bárbara ja tinha saudades dela. Mostra-lhe uma fotografia que recebeu de Vicente que foi ao Aquário Vasco da Gama, em Lisboa, com o avô. Ao ver Joana triste, Vera tenta consolá-la.

Luísa regressa a casa e encontra a família toda feliz, à sua espera. Apesar de todos os cuidados, Luísa está ausente, com a cabeça noutro sítio. Luísa não perdoa o facto de João não ter dito a verdade em tribunal.

Tomás treina no ginásio e sente muita raiva de Zé por este ter sido absolvido. Luísa vai cumprimentar o irmão que fica feliz por tê-la de volta à casa.

Na cidade do cabo, Nazaré conta a Helena que ela não era filha de Carlos e Amélia. Não sabe pormenores, só que ela é filha de uma família com dinheiro. Helena fica sem saber o que pensar.

Na casa de acolhimento, Teresa dá as boas vindas a António, um jovem problemático. Este fica impressionado por ela lutar boxe.

Tomás vai ao encontro de Zé no resort e Zé propõe-lhe que continuem a trabalhar juntos. Tomás quase que lhe bate mas Zé imobiliza-o. Ainda se pegam à pancada e Alice assiste a tudo ao longe. Depois de Tomás ir embora, Alice aproxima-se e oferece ajuda e Zé repara que esta tem vestida a farda do resort de Miguel.

Durante a festa de noivado de Bé e Tiago, Zé consegue que o vídeo da morte de Sofia seja mostrado aos convidados e à família de Sofia excepto Afonso. Isabel agride João e pergunta onde está o corpo da filha. Teresa expulsa o pai da festa e ela, Bé e Isabel choram a morte de Sofia.

João diz a Duarte que a morte de Sofia foi um acidente e que não disse nada por Isabel mas Duarte diz a João que ele fez tudo isso por ele mesmo porque ele é um cobarde. Duarte diz ao cunhado que ele devia desaparecer e João sai arrasado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem Temporada
1 2
Margarida Vila-Nova Luísa Marreiros
Protagonista
Albano Jerónimo Miguel Guerreiro
Protagonista
Joana Solnado Helena Sequeira
Antagonista
Marco Delgado Zé Mascarenhas
Antagonista
João Reis Duarte Marreiros Regular
Cláudia Vieira Teresa Galvão Regular
José Mata Afonso Galvão Regular
Maria João Abreu Isabel Galvão Regular
António Capelo João Galvão Regular
Custódia Gallego Ofélia Vaz Regular
Adriano Luz Francisco Vaz Regular
Manuel Cavaco Augusto Ribeiro Regular
Rosa do Canto Bárbara Oliveira Regular
Dinarte Branco Gil Dias Regular
Maria João Pinho Alice Oliveira Dias Regular
Patrícia Tavares Marina Participação Regular
Débora Monteiro Conceição «São» Oliveira Gomes Regular
João Baptista Vasco Vaz Regular
Oceana Basílio Diana Bastos Regular
Rui Melo Jacinto «Jay C» Gomes Regular
Joana Ribeiro Ana Rita Sobral Regular
Pedro Sousa Tomás Marreiros Regular
Bárbara Lourenço Isabel «Bé» Galvão Regular
Inês Herédia Júlia Marreiros Regular
Rita Blanco Maria Paula Martins Guerreiro Regular
António Pedro Cerdeira Henrique Ribeiro Regular
Bárbara Norton de Matos Mónica Marques Regular
Tiago Teotónio Pereira Luís «Lou» Vaz Regular
Inês Aires Pires Camila Silva Regular
Miguel Nunes Filipe Guerreiro Regular
Lia Carvalho Laura Ramos Regular
Frederico Barata Tiago Lopes Regular
Mafalda Jara Jéssica Ferreira Regular
Inês Aguiar Vera Veloso Regular
Lourenço Mimoso Manel Bastos Regular
Matilde Serrão Catarina Marreiros Regular
Madalena Aragão Inês Participação Regular
Diogo Valente Fábio Manuel da Costa Alves Regular
Joana Lucas Joana Nunes Regular
Ricardo Viegas Guilherme «Guilhas» Pereira Regular
João Maneira Xavier Participação Regular
Laura Dutra Carolina Participação Regular
Diogo Fragata Vicente Pinto Regular
Francisco Fernandez Sandro Regular

Elenco adicional[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Ana Marta Contente Mafalda
António Camelier Nuno (ex-namorado de Helena)
António Simão Castro
Carlos Paca Eric Nzama (médico angolano subornado por Zé Mascarenhas)
Diogo Valsassina Tino
Elisabete Pedreira Eugénia (empregada dos Marreiros)
Fernando Nobre Jaime
Gabriela Sobral turista
Gonçalo Oliveira Afonso Galvão (criança) (1997)
Hoji Fortuna César (filho de Mateus)
Joana Duarte Lúcia
Joaquim Frazão Colaborador Talho Continente
Lucas Dutra Zé Mascarenhas (adolescente) (1997)
Luís Simões Ângelo (toxicodependente que esteve com Afonso no acampamento)
Luís Vicente Dr. Manuel Antunes (advogado dos Marreiros)
Maria Helena Falé Mulher emigrante
Martinho Silva Rodrigo
Miguel Moreira Samuel Veloso (pai de Vera e padrasto de Tiago)
Nuno Nunes Simão
Raquel Leite Borges Marlene
Ricardo Monteiro Inspetor PJ
Rita Loureiro Rosa Carvalho (mãe de Carolina)
Sónia Cláudia Diretora do lar onde está Adelaide Santos

Lista de temporadas[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição em Portugal
Estreia Final
1 143 18 de setembro de 2017 3 de março de 2018
2 177 5 de março de 2018 24 de setembro de 2018

Audiências[editar | editar código-fonte]

Paixão estreou a 18 de setembro de 2017 com 14,6% de audiência e 28,0% de share, com cerca de 1 milhão e 417 mil espectadores, na vice-liderança[2].

No dia 13 de janeiro de 2018 (sábado) Paixão liderou pela primeira vez na sua história com 12,0% de audiência e 24,9% de share, com cerca de 1 milhão e 157 mil espectadores, contra os 11,7% de audiência e 24,4% de share da sua concorrente A Herdeira (TVI) que exibia um episódio especial duplo.[3]

A 1.ª temporada terminou com 12,7% de audiência e 25,8% de share com cerca de 1 milhão e 227 mil espectadores, na vice-liderança.[4]

A 2.ª temporada estreou com 12,1% de audiência e 24,8% de share com cerca de 1 milhão e 169 mil espectadores, na vice-liderança.[5]

O último episódio foi exibido no dia 24 de setembro de 2018. O episódio foi dividido em duas partes. Na primeira parte garantiu uma audiência média de 9,9% de rating com 20,5% de share com cerca de 959.800 espectadores, alcançando a vice-liderança. A segunda parte marcou uma audiência média de 11,2% de rating com 29,3% de share com 1 milhão e 84 mil espectadores, alcançando a liderança.[6]

Média Episódios
exibidos
Rating Share Ref.
2017 Setembro 13 13,2% 26,2% [7]
Outubro 26 11,3% 23,7% ...
Novembro 24 11,6% 24,7% ...
Dezembro 25 11,5% 24,2% ...
2018 Janeiro 27 11,7% 24,0% ...
Fevereiro 25 11,5% 24,1% ...
Março 27 11,5% 24,1% ...
Abril 23 11,2% 23,6% ...
Maio 28 10,7% 22,8% ...
Junho 29 10,5% 23,3% ...
Julho 26 10,4% 23,1% ...
Agosto 27 10,2% 24,2% ...
Setembro 20 10,2% 24,0% ...
Total 320 11,2% 24,0%

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde outubro de 2017).

Referências

  1. «Telenovela da SIC arrecada medalha de Bronze». Vox Pop TV. 11 de abril de 2018. Consultado em 11 de abril de 2018 
  2. «"Paixão" supera audiência de estreia de "Amor Maior"! Recorde como foram as últimas estreias da SIC | Zapping». www.zapping-tv.com. Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  3. «"Paixão" lidera audiências pela primeira vez na história | Zapping». www.zapping-tv.com. Consultado em 16 de janeiro de 2018 
  4. «Audiências: Saiba como correu o final da primeira temporada de "Paixão" | Zapping». www.zapping-tv.com. Consultado em 10 de março de 2018 
  5. «Audiências: Saiba como estreou a segunda temporada de "Paixão"». www.zapping-tv.com. Consultado em 10 de março de 2018 
  6. «Audiências: Saiba como correu o final de "Paixão" | Zapping». www.zapping-tv.com. Consultado em 25 de setembro de 2018 
  7. «Saiba como foram as audiências das novelas em setembro de 2017»