Palácio Salvo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vista da fachada do Palácio Salvo.

O Palácio Salvo (em espanhol: Palacio Salvo) é um edifício em Montevidéu, Uruguai, desenhado pelo arquiteto italiano Mario Palanti, um imigrante italiano que vivia em Buenos Aires, e inaugurado no ano de 1928. Com os seus 95 metros e 27 pisos, foi a torre mais alta da América do Sul por vários anos.

Vista geral do Palácio Salvo e Praça da Independência.

Localiza-se na esquina da Avenida 18 de Julio com a Plaza Independencia. Eleva-se no mesmo sítio onde anteriormente se erguia a Confeitaria La Giralda, lugar onde Gerardo Matos Rodríguez apresentou o tango uruguaio mais famoso e difundido do mundo, La Cumparsita.

De estilo ecléctico (duvidoso e muito criticado por muitos arquitectos da sua época) e silhueta característica, converteu-se num edifício emblemático da cidade, recordando os anos de prosperidade das primeiras décadas do século XX.

Em Buenos Aires, na Avenida de Maio, o mesmo arquiteto construiu o Palacio Barolo, um edifício considerado gêmeo do Palácio Salvo por seguir o mesmo estilo arquitetônico.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arranha-céus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. http://viajes.elpais.com.uy/2013/04/25/dos-palacios-gemelos-barolo-y-salvo/