Palácio de Mukden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Palácios Imperiais das Dinastias Ming e Qing em Pequim e Shenyang *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Mukden palace Chongzheng Hall 01.jpg
Galeria Chongzheng, o edifício principal do Palácio de Mukden
País China
Critérios i, ii, iii, iv
Referência 439 en fr es
Coordenadas Shenyang, China
Histórico de inscrição
Inscrição 1987 (extensão em 2004)  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O Palácio de Mukden (em Chinês simplificado: 盛京宫殿; em chinês tradicional: 盛京宮殿; em pinyin: Shěngjīng Gōngdiàn) ou Shenyang Gugong (em Chinês simplificado: 沈阳故宫; em chinês tradicional: 瀋陽故宮; em pinyin: Shěnyáng Gùgōng), também conhecido como Palácio Imperial de Shenyang, é o antigo Palácio Imperial da Dinastia Qing (1616-1910) da China. Fica localizado no centro da cidade de Shenyang, antiga Mukden, na Manchúria.

Em 2004, o palácio foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO, como extensão do sítio Palácios Imperiais das Dinastias Ming e Qing em Pequim e Shenyang.

História[editar | editar código-fonte]

Esquema do Palácio de Mukden.

A construção do palácio teve início em 1625, durante o reinado do fundador da Dinastia Qing, Nurhaci. Em 1631 foram acrescentados outros edifícios por ordem do Imperador Huang-Taiji. Os três primeiros imperadores Quing viveram ali entre 1625 e 1644.

O Palácio de Mukden foi projectado para se assemelhar às tendas do povo Manchu (大帐), enquanto que o alargamento tinha a ambição de copiar a Cidade Proibida de Pequim. No palácio são evidentes alguns elementos dos estilos arquitectónicos próprios das populações da Manchúria e do Tibete.

Galeria Dazheng, o mais antigo edifício do Palácio de Mukden.

Em 1644, quando a Dinastia Qing substituiu a Dinastia Ming em Pequim, o palácio perdeu o seu estatuto de residência oficial, tornando-se num simples palácio regional.

Em 1780, o Imperador Qianlong mandou construir novos edifícios, ampliando, assim, o palácio. Os imperadores seguintes ganahram o hábito de passar uma parte do ano no palácio.

Museu[editar | editar código-fonte]

Em 1955, o Palácio de Mukden foi convertido num museu com o nome de Museu Palácio de Shenyang.

Galeria de Imagens do Palácio de Mukden[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Palácio de Mukden