Palácio do Buriti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Palácio do Buriti
Vista do palácio.
Nomes alternativos Palácio do Governador
Tipo Sede de Governo do Distrito Federal do Brasil
Estilo dominante Modernismo
Arquiteto Nauro Jorge Esteves
Inauguração 1969
Proprietário atual Governo do Distrito Federal
Dimensões
Outras dimensões  ?
Número de andares  ?
Local Brasília  Distrito Federal
O Palácio, com o pé de buriti à frente.
(Foto: Valter Campanato/ABr)

Palácio do Buriti é um edifício público, sede do governo do Distrito Federal brasileiro. O Palácio tem sede em Brasília, no Distrito Federal. Está situado no Setor de Administração Municipal e foi inaugurado em agosto de 1969.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O palácio foi um projeto do arquiteto Nauro Jorge Esteves e seu nome deriva da planta símbolo da cidade, o buriti. Um exemplar dessa espécie, transplantado de um caminho que ligava Anápolis a Brasília, ornamenta seus jardins[1].

Em 7 de abril de 2008, o governo federal, em razão de reformas efetuadas no Palácio do Planalto, formalizou sua transferência provisória para este prédio, a fim de que, nele, pudessem funcionar o Gabinete do Presidente da República e outros órgãos ligados diretamente a este. Essa mudança foi possível porque o Palácio do Buriti já não vinha sendo utilizado como sede do Governo do Distrito Federal desde o início de 2007, quando o então governador Arruda passou a governar do Centro Administrativo (conhecido como Buritinga), na cidade de Taguatinga. Na ocasião, o Presidente Luís Inácio Lula da Silva declarou que pretendia retornar ao Palácio do Planalto ainda antes do final do seu segundo mandato[2].

Turismo[editar | editar código-fonte]

Loba Romana.

Em frente ao prédio, existe uma réplica da Loba Romana, oferecida pela cidade de Roma à capital brasileira por ocasião de sua inauguração em 21 de abril, mesma data de inauguração da cidade. Na parte interna de suas instalações, há uma área destinada à visitação pública, em que estão exibidos um busto de Che Guevara e o mural "Sonhos, Realidade e Esperança", de Ruben Zevallos, que retrata a história de Brasília desde a profecia de Dom Bosco até sua construção[1].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Pontos turísticos de Brasília, página da Câmara dos Deputados (acesso em janeiro de 2009)
  2. Presidência assume Palácio do Buriti, mas mudança de Lula só ocorre no segundo semestre, notícia da Agência Brasil, por Yara Aquino, em 7 de abril de 2008 (acesso em janeiro de 2009)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um palácio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.