Palinura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPalinura
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Malacostraca
Ordem: Decapoda
Subordem: Pleocyemata
Infraordem: Palinura
Latreille, 1802
Superfamílias e famílias
Estrutura obsoleta.
Ver o texto.

Palinura era uma antiga infraordem de crustáceos da subordem Pleocyemata (os decápodes cujas fêmeas incubam os ovos entre os pleópodes) estabelecida por Pierre André Latreille (1802). Agrupava os crustáceos decápodes pleociemados que se caracterizam por ter o pereion ligeiramente deprimido e anguloso. São organismos bentónicos, alguns dos quais, como as lagostas espinhosas e as sapateiras, com interesse económico.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A infraordem Palinura incluía as seguintes famílias de lagostas:

Apesar de considerada parafilética e de fraca relevância taxonómica, esta infraordem é ainda amplamente referida na literatura.[1].

Em 1995, Scholtz e Richter[2] propuseram a sua substituição pelas infraordens Achelata e Polychelida, onde a primeira agrupa as lagostas sem quelas nas pernas e a segunda os animais com pequenas quelas em todas ou quase todas as pernas. Um estudo filogenético recente[3] corrobora aquela proposta, acrescentando que a família Synaxidae deve ser considerada um sinónimo de Palinuridae. Outros autores aceitam a infraordem Achelata em conjunto com a antiga superfamília Eryonoidea.[4].

Descrição[editar | editar código-fonte]

O agrupamento taxonómico Palinura inclui as lagostas e lagostas-sapateiras, sendo que todas as espécies desta infraordem são marinhas e encontradas numa variedade de habitats em todas as regiões tropicais e subtropicais dos oceanos. A sua morfologia inclui abdómen achatado, leque caudal, carapaça cilíndrica ou deprimida dorso-ventralmente. O número de pereópodes quelados varia, podendo ser os primeiros quatro pares, apenas o último ou até nenhum.[5]

Muitas espécies deste grupo produzem som por atrito fazendo uso de um apêndice designado por plectro situado na base da antena e que é raspado contra uma superfície áspera situada na cabeça.

Referências

  1. “Palinura” no site do ITIS acessado a 6 de agosto de 2009
  2. G. Scholtz and S. Richter, "Phylogenetic systematics of the reptantian Decapoda (Crustacea, Malacostraca)", Zoological Journal of the Linnean Society, 113 (1995), pp. 289–328.
  3. Palero, Ferran, Keith A. Crandall, Pere Abelló, Enrique Macpherson and Marta Pascual “Phylogenetic relationships between spiny, slipper and coral lobsters (Crustacea, Decapoda, Achelata)", Molecular Phylogenetics and Evolution, Volume 50, issue 1, January 2009, pp. 152-162 acessado a 6 de agosto de 2009 no site ScienceDirect
  4. “Achelata” no site Tree of Life acessado a 6 de agosto de 2009
  5. Zoologia de Invertebrado - Gary J. Brusca, Richard C. Brusca. [S.l.]: GUANABARA KOOGAN 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Palinura