Palnatoke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Palnatoke
Nascimento
Dinamarca Fyn, Dinamarca
Morte
Jomsburgo, Costa do Mar Báltico
Nacionalidade  Dinamarca
Ocupação Caudilho víquingue

Palnatoke (em nórdico antigo Pálnatóke) foi um caudilho víquingue dinamarquês do século X. Segundo a Saga do Viquingue de Jomsburgo do século XIII, Palnatoke seria filho de Palner e sobrinho de Åke. O rei Haroldo Dente-Azul teria mandado matar Åke por este querer casar com Ingeborg. Mas esta acabou por casar com Palner, tendo eles tido Palnatoke como filho. Mais tarde, rebenta uma guerra civil na Dinamarca, e Palnatoke mata Haroldo Dente-Azul, entristecendo o filho deste, Sueno Barba Bifurcada. Palnatoke vai para o mar com uma frota de 40 navios, e funda a lendária fortaleza de Jomsburgo, na costa sul do Báltico, onde se estabelece, e acaba por morrer.[1][2][3]

Referências

  1. «Hér hefr upp Jómsvíkíngasögu» (em nórdico antigo). Heimskringla 
  2. Ohlmark, Åke (1975). «Jomsvikingasagan». Fornnordisk lexikon (em sueco). Estocolmo: Tiden. p. 182. 202 páginas. ISBN 91-550-1914-5 
  3. Orrling, Karin (1995). «Palnatoke». Vikingatidens ABC (em sueco). Estocolmo: Museu Histórico de Estocolmo. p. 199. 184 páginas. ISBN 91-7192-984-3