Palonossetrom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estrutura química de Palonossetrom
Palonossetrom
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
(3aR)-2-[(3S)-1-azabicyclo[2.2.2]oct-3-yl]-2,3,3a,
4,5,6-hexahydro-1H-benz[de]isoquinolin-1-one
Identificadores
CAS 119904-90-4
ATC A04AA05
PubChem 148211
DrugBank APRD00351
Informação química
Fórmula molecular C19H24N2O 
Massa molar 296.407 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade 97% (oral)
Ligação a proteínas 62%
Metabolismo Hepático, 50% (principalmente CYP2D6-mediated, CYP3A4 e CYP1A2 também envolvido.
Meia-vida 40 houras
Excreção Renal e fecal
Considerações terapêuticas
Administração ?
DL50 ?

Palonossetrom é um fármaco utilizado pela medicina como antiemético de segunda geração, nas náuseas e vômitos ocasionados pela quimioterapia.[1] Pertence ao grupo dos antagonistas da serotonina.

Dr. Mitsue Saito e equipe, do Hospital Universitário de Juntendo, em Tóquio mostraram que este princípio ativo compara-se com o granissetrom, na prevenção dos vômitos na fase imediata, sendo superior na fase retardada. Este estudo foi publicado na revista científica Lancet Oncology, e envolveu 1143 pacientes.[1]

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Novo fármaco mais efectivo na prevenção de vómitos devido a quimioterapia». Consultado em 13 de janeiro de 2009 
  2. «Detalhes do Medicamento». Consultado em 13 de janeiro de 2009