Palotina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Palotina
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Palotina
Bandeira
Hino
Lema Caritas Christi Urget Nos
"A caridade de Cristo nos impele"
Gentílico palotinense
Localização
Localização de Palotina no Paraná
Localização de Palotina no Paraná
Palotina está localizado em: Brasil
Palotina
Localização de Palotina no Brasil
Mapa de Palotina
Coordenadas 24° 17' 02" S 53° 50' 24" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Região metropolitana Região Metropolitana de Toledo
Municípios limítrofes Leste: Assis Chateaubriand; Oeste: Terra Roxa; Sul: Maripá, Nova Santa Rosa; Norte:Francisco Alves, Iporã.
Distância até a capital 591 km
História
Fundação 25 de julho de 1960 (62 anos)
Administração
Prefeito(a) Luiz Ernesto de Giacometti[1] (PL, 2021 – 2024)
Vereadores 9
Características geográficas
Área total IBGE/2019[2] 651,238 km²
População total (estimativa IBGE/2020[3]) 32 121 hab.
 • Posição PR: 64º
Densidade 49,3 hab./km²
Clima subtropical (Cfa)
Altitude 335 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,760 alto
 • Posição PR: 9º
PIB (IBGE/2018[5]) R$ 2 198 275,68 mil
PIB per capita (IBGE/2018[5]) R$ 69 645,03
Sítio www.palotina.pr.gov.br (Prefeitura)
www.palotina.pr.leg.br (Câmara)

Palotina é um município brasileiro do estado do Paraná. Ocupando uma área de 651,238 km², sua população, conforme estimativas do IBGE de 2020, era de 32 121[3] habitantes.

A economia é baseada na agricultura, agroindústria e prestação de serviços, além de cidade universitária, sendo a única no oeste do Paraná que possui um campus da Universidade Federal do Paraná.

Seus pontos turísticos de destaque são o Lago Municipal e a Praça Amadeo Piovesan. A Expo Palotina (festa organizada pelo município) é um dos principais eventos da região.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1940, através da Marcha para o Oeste, chegam os primeiros migrantes em Palotina, então Município de Guaíra, somando uma população de 10 habitantes.

Em 1953, as empresas colonizadoras "Pinho e Terra Ltda." e a "Madeireira Rio Paraná", trazem para a região da futura cidade de Palotina, seus primeiros moradores. Dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul vieram Domingos Francisco Zardo, João Bortolozzo, Luis de Carli, Benardino Barbieri, Egydio João Clivati, Eugenio Leszczynski, Eurico Nenevê, Amado Vilaverde e Francisco Studzinski, entre outros, com o objetivo de derrubar a mata, plantar erva-mate, abrir ruas, construir casas, fazer uma cidade. No dia 6 de janeiro de 1954 foi rezada a primeira missa, da localidade, em um altar montado no que hoje é a Granja Possan, por padres Palotinos, que eram em bom número nas primeiras caravanas que aqui chegaram. Em homenagens a esses padres, a vila recebeu o nome de Palotina e escolhido como padroeiro, São Vicente Pallotti. Com o progresso da pequena vila, em 24 de junho de 1957 foi elevada a "Distrito de Palotina" (distrito administrativo da cidade de Guaíra), com uma população de 100 habitantes (Censo 1950).

Em 25 de julho de 1960, a cidade foi emancipada política e administrativamente, criando-se os Distritos Administrativos e Judiciários de Maripá, Pérola Independente, Alto Santa Fé e São Camilo, com população de 3.469 habitantes (Censo IBGE). Em 1970, o município perde a área de Alto Santa Fé para o município de Nova Santa Rosa e é criado o Distrito Administrativo da Vila Candeia, atingindo uma população de 43.005 habitantes (Censo IBGE).

Em 1980, ocorreu a elevação da Vila Santo Antônio como Distrito Administrativo, com população de 28.248 habitantes (Censo IBGE).

Na década de 1990, com a elevação do Distrito de Maripá a município, englobando os Distritos de Pérola Independente e Candeia, acarreta uma perda de 30% do território do município de Palotina, totalizando nesta época 38.569 habitantes (Censo IBGE). Em 2000, este número baixa para 28.765 (Censo IBGE).

Geografia[editar | editar código-fonte]

Formação administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1950, deslocamentos populacionais resultaram na criação do distrito de Palotina, em 24 de junho de 1957, com cerca de 100 habitantes. O distrito se emancipou em 25 de julho de 1960, concomitantemente à criação dos distritos de Maripá, Pérola Independente, Alto Santa Fé e São Camilo. Mais tarde, seriam criados os distritos de Vila Candeia e Vila Santo Antônio, porém o município perderia Maripá, Pérola Independente, Alto Santa Fé e Vila Candeia, quer por emancipação de alguns, quer por transferência para outro município, restando apenas 70% da formação original e os distritos de Palotina (sede), São Camilo e Vila Santo Antônio.[6]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Palotina é Subtropical Úmido (segundo a classificação de Köppen), com verões quentes e invernos frios ou amenos. Geadas são frequentes no período mais frio, podendo acontecer no período entre o fim de maio e o início de setembro. A média anual de temperatura é de 20 °C.

Gráfico climático para Palotina
JFMAMJJASOND
 
 
170
 
32
22
 
 
151
 
33
22
 
 
137
 
30
19
 
 
99
 
26
15
 
 
152
 
24
12
 
 
111
 
20
9
 
 
82
 
22
9
 
 
77
 
24
12
 
 
138
 
24
13
 
 
207
 
28
14
 
 
165
 
30
17
 
 
167
 
31
20
Temperaturas em °CPrecipitações em mm

Fonte: IAPAR

Demografia[editar | editar código-fonte]

O primeiro censo de Palotina foi realizado em 1970, mostrando que, naquela época, estavam residindo 43.005 pessoas no município, das quais, 5.252 estavam na zona urbana e 37.753 na zona rural. O censo da década seguinte já demonstrava a existência do êxodo rural e a migração de palotinenses para outras regiões, principalmente Mato Grosso, Rondônia e Paraguai. Em 1980, o IBGE registrou a existência de 12.364 moradores na zona urbana de Palotina e 15.875 na zona rural, totalizando 28.239 habitantes. O censo demográfico realizado em 1991, registrou uma população total de 31.598 habitantes, sendo 19.635 na zona urbana e 11.963 na zona rural. No censo realizado em 2000 registrava uma população total de 28.771 habitantes, sendo 20.771 na zona urbana e 8.000 na zona rural. Já o Censo 2010 registrou uma população de 28.692 habitantes, sendo 24.600 na zona urbana e 4.092 na zona rural.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Luiz Ernesto de Giacometti, do PL, é eleito prefeito de Palotina Portal G1 - acessado em 2 de janeiro sw 2021
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2019). «Área da unidade territorial - 2019». Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  3. a b «Estimativa populacional 2020 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2020. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  4. «Ranking do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 12 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2018». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 22 de dezembro de 2020 
  6. «Palotina». IBGE Cidades. Consultado em 16 de março de 2022