Panamericana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Panamericana
Informação geral
País  Brasil
Gênero(s) Rock
Período em atividade 2011 - atualmente
Afiliação(ões) Hojerizah, Legião Urbana, Dado e o Reino Animal, Barão Vermelho, Titãs
Integrantes Toni Platão
Dado Villa-Lobos
Dé Palmeira
Charles Gavin
Página oficial bandapanamericana.com.br

Panamericana é um supergrupo brasileiro de rock formado em 2011 por Toni Platão (ex-Hojerizah), Dado Villa-Lobos (ex-Legião Urbana), Dé Palmeira (ex-Barão Vermelho) e Charles Gavin (ex-Titãs). A proposta do grupo é regravar canções de outros artistas sul-americanos.[1][2]

O baterista Charles explicou a proposta da banda da seguinte forma:[1]

História[editar | editar código-fonte]

Após o show-tributo à Legião Urbana no Rock in Rio IV, em 2011, do qual Toni Platão participou como vocalista convidado,[3] Pedro Mendonça, diretor do Canal Brasil, o contatou para criar um projeto em parceria com Dado Villa-Lobos relacionado à Legião Urbana.[1] A ideia foi descartada e sugeriu-se, então, um programa no qual eles interpretariam clássicos do rock inglês, o que também não deu certo.[1] Toni então se lembrou de um outro programa do Canal Brasil, chamado "Cone Sul", que abordava o cinema daquela região sul-americana, e isso o inspirou a criar algo relacionado ao rock da mesma região. Em dezembro de 2011, os dois músicos se juntaram a Charles Gavin e Dé Palmeira e montaram a banda, cujos primeiros ensaios se deram em 2012.[1]

Na época, a banda ensaiava para tocar no Teatro Amazonas, mas o projeto foi abandonado. O grupo seguiu seu trabalho, contudo, desta vez com a intenção de gravar um disco e um programa. Na época, a banda tinha a intenção de lançar o disco no segundo semestre de 2013, juntamente ao programa.[1] O álbum contaria com oito músicas argentinas e cinco uruguaias. O programa teria cinco ou seis episódios em Buenos Aires e Montevidéu e a banda lançaria mais quatro ou cinco discos com músicas de outros países sul-americanos.[1]

O show de estreia do quarteto foi no dia 3 de abril de 2013, no Festival de Teatro de Curitiba. Foi a segunda vez que Charles tocou em um palco desde que deixou os Titãs em 2010 (a primeira vez foi em 2012 com os próprios Titãs, em um show especial de comemoração dos 30 anos da banda com os também ex-integrantes Arnaldo Antunes e Nando Reis[4]). Foi também a primeira vez em que ele estreou uma banda[2] e a primeira vez que Toni tocou com uma banda desde 1989.[1]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h Fernandes, Kamilla (1 de Abril de 2014). «Com Dado Villa-Lobos e Toni Platão, banda Panamericana estreia no Festival de Teatro de Curitiba». Guia UOL. Grupo Folha. Consultado em 24 de Maio de 2014 
  2. a b Nunes, Samuel (3 de Abril de 2013). «Banda Panamericana faz show de estreia em Curitiba nesta quarta-feira». G1. Organizações Globo. Consultado em 24 de Maio de 2014 
  3. «Show-tributo ao Legião Urbana tem coro de milhares e choro». G1. Organizações Globo. 29 de Setembro de 2011. Consultado em 24 de Maio de 2014 
  4. Antunes, Pedro (19 de outubro de 2012). «"Seria uma estupidez completar 30 anos e não comemorar", diz Branco Mello, do Titãs». Rolling Stone Brasil. Consultado em 21 de outubro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.