Saltar para o conteúdo

Panathinaikos FC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Panathinaikos
Nome Panathinaikos FC
Alcunhas Το Τριφύλλι-To Tryfili (O Trevo)
PAO
Panatha
Οι Πράσινοι-I Prasini (Os Verdes)
Principal rival Olympiacos
AEK Atenas
Fundação 3 de fevereiro de 1908 (116 anos)
Estádio Leoforos Alexandras
Capacidade 15.000
Localização Atenas, Ática, Grécia
Proprietário(a) Giannis Alafouzos
Presidente Giannis Alafouzos
Treinador(a) Diego Alonso
Patrocinador(a) Stoiximan
Material (d)esportivo Adidas
Competição Super League
Copa da Grécia
Liga Europa
Website [1]

[2]

Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

O Panathinaikós FC (em grego Παναθηναϊκός Αθλητικός Όμιλος, transl. Panathinaikós Athlitikós Ómilos) é um clube polidesportivo de Atenas, considerado um dos maiores da Grécia. Fundado em 1908, o clube disputa o Campeonato Grego de Futebol e é um dos clubes mais antigos da Grécia. É conhecido no seu país de origem por suas iniciais (PAO), e tem como emblema um trevo de três folhas (Τριφύλλι). Em português, Panathinaikos significa "de toda Atenas" (Panateniense).

Possui 3 equipes profissionais que operam independentemente: a equipe de futebol, basquete e vôlei.

Futebol[editar | editar código-fonte]

É o único clube grego a disputar uma final da Copa dos Campeões da Europa, fato que ocorreu em 1971. O clube perdeu para o Ajax pelo placar de 2 a 0, no estádio de Wembley, em Londres. Também chegou duas vezes na fase semifinal da competição (posteriormente nomeada Liga dos Campeões da UEFA. Em 1986 perdeu para o Liverpool e em 1995 foi eliminado pelo Ajax.

Ainda em 1971, como o Ajax desistiu de disputar a final da Taça Intercontinental, o Panathinaikós ganhou o direito de disputá-la, porém foi derrotado pelo Nacional do Uruguai. Os placares dos jogos foram 1 a 1 na Grécia e 2 a 1 para o Nacional no Uruguai.

Até a temporada 2004, mandava os jogos no seu estádio Apóstolos Nikolaídis, porém devido às melhorias promovidas devido às Olimpíadas de Atenas, passou a mandar seus jogos no estádio olímpico da cidade, o OAKA Spyros Louis. Seu maior rival no país é o Olympiacos, contra quem disputa o Derby dos Inimigos Eternos.

Em 2018, o Panathinaikós foi banido de todas as competições europeias durante três temporadas. Em causa está a violação das regras de licenciamento de clubes, bem como o ‘fair-play’ financeiro da UEFA. O clube ainda foi obrigado a pagar uma multa de 200 mil euros. O clube depara-se com problemas financeiros, o déficit atinge os 60 milhões de euros. Em abril de 2018, os jogadores entraram em greve, manifestando-se contra o não pagamento de salários relativos ao mês de dezembro de 2017.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

NACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
Campeonato Grego 20 1929-30, 1948-49, 1952-53, 1959-60, 1960-61, 1961-62, 1963-64, 1964-65, 1968-69, 1969-70, 1971-72, 1976-77, 1983-84, 1985-86, 1989-90, 1990-91, 1994-95, 1995-96, 2003-04 e 2009-10
Copa da Grécia 20 1939-40, 1947-48, 1954-55, 1966-67, 1968-69, 1976-78, 1981-82, 1983-84, 1985-86, 1986-87, 1988-89, 1990-92, 1992-93, 1993-94, 1994-95, 2003-04, 2009-10, 2013-14, 2021-22 e 2023-24

Supercopa da Grécia 3 1988, 1993 e 1994
REGIONAIS
Competição Títulos Temporadas
Campeonato de Atenas 17 1925, 1926, 1927, 1929, 1930, 1931, 1934, 1937, 1939, 1949, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1957 e 1959

Outras conquistas[editar | editar código-fonte]

FESTIVAIS CONTINENTAIS
Competição Títulos Temporadas
Copa dos Balcãs 1 1977

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]