Pandemia de COVID-19 na Ucrânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Europa
Pandemia de COVID-19 em 2020 na Ucrânia
COVID-19 Outbreak Cases in Ukraine.svg
Mapa das províncias com casos confirmados de novo coronavírus
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Itália ou Romênia, Polônia
Local Ucrânia
Período 3 de março de 2020
(5 meses e 7 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 61 851
Casos suspeitos 81 125
Mortes 1 551
Casos que recuperaram 34 000

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus de 2020 na Ucrânia e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.[1]

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 27 de janeiro, a SkyUp, uma companhia aérea de baixo custo da Ucrânia, anunciou que havia suspendido os voos para Sanya até o mês de março.[2][3]

Em 4 de fevereiro, a companhia aérea Ukraine International Airlines suspendeu todos os serviços de voo fretado para o Aeroporto Internacional de Sanya Phoenix. Inicialmente, a suspensão duraria até 24 de fevereiro,[2] embora a companhia não tivesse indicado se os voos retornariam.[4]

Em 24 de fevereiro, o Aeroporto Internacional de Kiev-Boryspil e o Aeroporto Internacional de Kyiv precisavam implementar registros de imagem térmica para viajantes que vinham da Itália, mas as equipes ou não tinham equipamentos suficientes ou ignoraram o protocolo.[5][6]

Em 3 de março, a Ucrânia confirmou o primeiro caso de coronavírus, sendo um homem que havia viajado da Itália para a Romênia de avião e, então, foi à Ucrânia de carro.[7]

Em 12 de março, mais 2 casos de coronavírus foram confirmados.[8] O diagnóstico foi confirmado para um homem de Chernivtsi Oblast, cuja esposa havia recentemente viajado para a Itália, e para uma mulher de Zhytomyr Oblast, que havia retornado da Polônia em 1º de março. Esta mulher, no entanto, faleceu em 13 de março.[9]

Referências

  1. «First coronavirus case identified in Ukraine | KyivPost - Ukraine's Global Voice». KyivPost. 3 de março de 2020. Consultado em 12 de março de 2020 
  2. a b Pallini, Thomas (30 de janeiro de 2020). «At least 73 airlines have cancelled flights to China amid coronavirus fears — here's the full list». Business Insider Australia 
  3. «Туроператор Join UP». facebook.com 
  4. «Ukraine's last planned plane from China to arrive in Kiev». 4 de fevereiro de 2020 – via in.reuters.com 
  5. «В аеропорту "Київ" досі не міряють температуру тіла пасажирів» (em ucraniano). Deutsche Welle. 25 de fevereiro de 2020. Consultado em 25 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2020 
  6. «У "Борисполі" не перевіряють пасажирів з Італії, де лютує коронавірус» (em ucraniano). Depo.ua. 25 de fevereiro de 2020. Consultado em 25 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2020 
  7. «Ukraine reports first coronavirus case, in man who traveled from Italy». Reuters. 3 de março de 2020. Consultado em 3 de março de 2020. Cópia arquivada em 3 de março de 2020 
  8. «МОЗ повідомляє про два нових підтверджених випадки коронавірусу в Україні» (em ucraniano). Ministry of Healthcare. 12 de março de 2020. Consultado em 12 de março de 2020 
  9. «В Україні зафіксовано першу смерть людини, інфікованої коронавірусом COVID-19» (em ucraniano). Ministry of Healthcare. 13 de março de 2020. Consultado em 13 de março de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.