Pandemia de COVID-19 no Benin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na África
Pandemia de COVID-19 no Benin
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Local Benin
Período 16 de março de 2020
(18 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 2
Mortes 0
Casos que recuperaram 0

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus de 2020 no Benin e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 16 de março, o primeiro caso de COVID-19 no Benin foi confirmado. Três dias depois, em 19 de março, o segundo caso foi confirmado. A região suspendeu, portanto, diversos voos internacionais; pessoas que voltaram para o Benin e estavam outros países devem permanecer em isolamento obrigatório por 14 dias. Além disso, cidadãos de Benin foram aconselhados a usarem máscaras e saírem de suas casas apenas se necessário.[1][2]

Referências

  1. «Somalia, Liberia, Benin and Tanzania confirm first coronavirus cases». Reuters (em inglês). 16 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020 
  2. «Coronavirus: Benin records second positive case». Panapress (em inglês). 19 de março de 2020. Consultado em 19 de março de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.