Paola Maria de Bourbon Orléans e Bragança Sapieha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paola Orléans e Bragança
Princesa de Sapieha-Rozanski
Princesa de Swiatopolk-Czetwertynski
Cônjuge Príncipe Constantin Swiatopolk-Czetwertynski[1]
Nome completo
Paola Maria de Bourbon Orléans e Bragança Sapieha
Casa
Casa de Sapieha
Pai Príncipe Jan Pavel Sapieha-Rozanski
Mãe Dona Maria Cristina do Rosário de Bourbon Orléans e Bragança
Nascimento 23 de abril de 1983 (33 anos)
Londres, Inglaterra,  Reino Unido

Dona Paola Maria de Bourbon Orléans e Bragança Sapieha[2][3][4][5][6] (Londres,[6] 23 de abril de 1983), princesa de Sapieha-Rozanski e princesa de Swiatopolk-Czetwertynski, é uma desenhista industrial, apresentadora de televisão, modelo.

Filha do príncipe polonês Jan Pavel Sapieha-Rozanski [6] e de D. Maria Cristina do Rosário de Bourbon Orléans e Bragança, princesa de Orléans e Bragança.[6] Neta materna da infanta D. Maria da Esperança de Bourbon e Orléans, princesa das Duas Sicílias, e de D. Pedro Gastão de Orléans e Bragança, príncipe de Orléans e Bragança, e bisneta de D. Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança, príncipe do Grão-Pará e príncipe de Orléans e Bragança, pertencendo, assim, ao ramo de Petrópolis. Paola é trineta de D. Isabel de Bragança, última princesa imperial do Brasil de facto, e do príncipe imperial consorte, D. Gastão de Orléans, conde d'Eu, e tetraneta do último imperador do Brasil, Dom Pedro II. Sua avó materna vem a ser tia-avó e Paola prima de terceiro grau do atual rei da Espanha, Dom Filipe VI. Paola também vem a ser sobrinha-neta de Isabel de Orléans e Bragança, a lendária condessa de Paris.

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Nascida no Reino Unido mudou-se para o Brasil com apenas um ano e meio de idade, após seus pais se divorciarem. Logo que chegou ao país mudou-se para Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro.

Em fevereiro de 2006, conseguiu a cidadania espanhola, bem como os seus quatro primos nascidos no Brasil, também netos da infanta espanhola D. Maria da Esperança de Bourbon e Orléans, princesa das Duas Sicílias. Sua irmã, D. Ana Teresa de Bourbon Orléans e Bragança Sapieha (Petrópolis, 25 de maio de 1981), é também princesa de Sapieha-Rozanski.

Paola sempre estudou em escola privada e, no Ensino Médio, repetiu uma vez de ano, para conciliar os estudos com o trabalho, concluiu o segundo grau com um supletivo[7]. Deu início a sua carreira de modelo quando, uma amiga de sua mãe, a joalheira Tereza Xavier, convidou-a para fotografar um catálogo de jóias.[8] Do seu primeiro catálogo até hoje, a modelo e designer acumulou trabalhos de peso, incluindo campanhas para renomadas marcas brasileiras e concorridas capas de revistas de moda, tais como Vogue, Elle; foi clicada pelas lentes de fotógrafos como Mario Testino, Bob Wolfenson e Murillo Meirelles, entre outros. Aos 22 anos, Paola estreou como apresentadora do Blog 21, na Rede 21. Por causa do programa, trancou a faculdade de desenho industrial que cursava na UniverCidade, no Rio de Janeiro, e foi para São Paulo, transferindo-se para o mesmo curso na Fundação Armando Álvares Penteado.[8]

Em 2008, deu um passo importante em sua vida profissional, desenvolvendo duas linhas de jóias para uma conhecida joalheria nacional, sendo que uma delas é releitura das jóias da Coroa brasileira. No mesmo ano formou-se desenhista industrial pela FAAP.

A princesa Paola é hoje, sem dúvida, a descendente mais reconhecida e famosa da família imperial brasileira. Atualmente mora em São Paulo, onde desenvolve em seu estúdio sua própria marca de lenços e acessórios e trabalha como editora de jóias para a revista L'Officiel Brasil. É, também, sócia da Glambox Brasil[9].

Paola é casada com o príncipe Constantin Swiatopolk-Czetwertynski, fotógrafo profissional cujo nome artístico é Tinko Czetwertynski.[1]. Tinko vem a ser filho do príncipe Michael Swiatopolk-Czetwertynski, diplomata belga que foi embaixador da Bélgica no Brasil no início dos anos 1990.[10][11]. Eles casaram-se em Janeiro de 2012, em Bruxelas, em uma cerimonia para familiares e amigos. As cerimônias, pública e religiosa, acontecerão em 2013, em Petrópolis ou Paraty, segundo os príncipes, que disseram querer comemorar com uma grande festa. Paola tornou-se, a partir do casamento, também princesa de Swiatopolk-Czetwertynski, além de ser, por nascimento, princesa de Sapieha-Rozanski.

A Casa de Swiatopolk-Czetwertynski, do marido de Paola, compõe a alta nobreza da Polônia e de todo o Leste Europeu, tendo origem no século IX. A maioria dos Swiatopolk-Czetwertynski, entretanto, acabaram partindo da Polônia, principalmente para a Bélgica e o Canadá, em decorrência da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando as tropas nazistas e soviéticas passaram a perseguir as famílias nobres.[12]

Em dezembro de 2014, entrou para a lista do FFW dos 50 brasileiros mais estilosos da moda. [13]

Programas de TV[editar | editar código-fonte]

  • 2005 - Blog 21 (rede 21)
  • 2008 - I Want It (Fashion TV)


Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Astuto, Bruno (14 de março de 2012). «O casamento secreto dos príncipes». Revista Época. Globo. Consultado em 29/07/2012. 
  2. «Paola de Orleans e Bragança leva jóias reais para ensaio de moda» (html). EGO. 3 de março de 2008.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  3. «Princesa Fashionista: Paola Orleans e Bragança». Sweetest Person. 12 dse maio de 2009.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  4. Silvia Rogar. «Príncipes descalços» (html). Veja.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  5. Wanderley Preite Sobrinho (5 demarço de 2008). «Para ser modelo, princesa evita biquínis e ensaios sensuais» (shtml). Folha Online.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  6. a b c d NELITO FERNANDES. «A princesa de piercing» (html). Época.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  7. Reportagem da revista Veja, intitulada "Príncipes descalços; A ala jovem dos Orléans e Bragança divide-se entre modernos e conservadores bem de vida, mas sem muito luxo
  8. a b Diógenes Campanha. «A independência da princesa» (htm). Istoé Gente.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Parâmetro desconhecido |acessomesdia= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  9. https://glambox.com.br/
  10. Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, "A Princesa Paola de Sapieha-Rozanski anuncia seu casamento"
  11. alôalô Bahia, "Plantão Oropa, França e Bahia: Realeza, Moda e Diplomacia"
  12. Site oficial da Casa de Swiatopolk-Czetwertynski
  13. FFW.com.br. «Lista FFW dos 50 brasileiros mais estilosos da moda».