Papa Inocêncio VII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Inocêncio VII
Papa da Igreja Católica
204° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 17 de outubro de 1404
Entronização 11 de novembro de 1404
Fim do pontificado 6 de novembro de 1406 (2 anos)
Predecessor Bonifácio IX
Sucessor Gregório XII
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 4 de novembro de 1387
Ordenação episcopal 5 de dezembro de 1387
Nomeado arcebispo 4 de novembro de 1387
Cardinalato
Criação 18 de dezembro de 1389
por Papa Bonifácio IX
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Cruz de Jerusalém
Papado
Brasão
C o a Innocenzo VII.svg
Antipapa Antipapa Bento XIII (Avinhão)
Consistório Consistórios de Inocêncio VII
Dados pessoais
Nascimento 1339
Sulmona, Itália
Morte 6 de novembro de 1406 (67 anos)
Roma, Estados Papais
Nacionalidade Italiano
Nome nascimento Cosimo Gentile de' Migliorati
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
Lista de Papas

Inocêncio VII (c. 13396 de novembro de 1406), nascido Cosimo de' Migliorati, foi Papa da Igreja Católica entre 1404 e a sua morte. O seu pontificado foi disputado pelo Antipapa Benedito XIII, o seu rival de Avinhão durante o Grande Cisma do Ocidente.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cosimo de' Migliorati nasceu numa família modesta da região de Abruzzi, em Itália.[1] Embora a Enciclopédia Católica[1] cite sua data de nascimento como 1339, o único documento contemporâneo que remete à sua idade diz que tinha 65 anos em 1404, chegando a um ano de nascimento de 1339,[2] o registrado pela Encyclopædia Britannica.[3] Enquanto jovem, distinguiu-se no estudo da lei canónica na Universidade de Pádua e chamou a atenção do seu mestre, Lignano, que o introduziu a Roma. O Papa Urbano VI trouxe-o para a Cúria Romana e encarregou-o da colecta de impostos da Igreja em Inglaterra. Após dez anos no estrangeiro, regressou a Roma e foi nomeado Bispo de Bolonha em 1386, e Arcebispo de Ravena em 1387.[1]

O Papa Bonifácio IX elevou-o a cardeal-presbítero e encarregou-o de missões diplomáticas delicadas. Em 1404 foi eleito Papa por unanimidade num conclave a que atenderam apenas oito cardeais, escolhendo o nome de Inocêncio VII. A notícia da sua elevação ao papado foi recebida com motins em Roma, apenas debelados graças à intervenção do Rei Ladislau de Nápoles. Em troca Ladislau exigiu a promessa de Inocêncio de que os seus interesses em Nápoles seriam protegidos, qualquer fosse o desenlace do Cisma do Ocidente, e Ladislau prometeu não jurar lealdade ao Papado de Avinhão.[1] O pontificado de Inocêncio VII foi marcado por convulsões sociais e oposição política. Quando morreu de repente em 6 de novembro de 1406,[1] suspeitou-se de envenenamento, uma acusação nunca provada.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b c d e Ott, Michael (1913). «Pope Innocent VII». Enciclopédia Católica (em inglês). Nova Iorque: Robert Appleton Company 
  2. Kneer, A. (1891). «Zur Vorgeschichte Papst Innozenz VII». In: Grauert, Hermann. Historisches Jahrbuch. 12. [S.l.: s.n.] pp. 347–348 
  3. Wikisource-logo.svg Vários autores (1911). «Innocent/Innocent VII». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
Precedido por
Bonifácio IX
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

204.º
Sucedido por
Gregório XII
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Papa Inocêncio VII
Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.