Papa Sirício

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sirício
38º papa
Nascimento Roma, 334
Eleição 17 de Dezembro de 384
Fim do pontificado 26 de novembro de 399 (65 anos)
Antecessor Dâmaso I
Sucessor Anastácio I
Listas dos papas: cronológica · alfabética

O Papa Sirício (em latim Sicirius) foi o papa da Igreja Católica de dezembro de 384 a 26 de novembro de 399[1]. Foi sucessor de Dâmaso I e sucedido por Anastácio I.

Sirício foi eleito bispo de Roma por unanimidade, apesar das tentativas de autopromoção do antipapa Ursino. Diz a tradição que Sirício deixou mulher e filhos para torna-se papa. O número de filhos é desconhecido.

Foi um papa ativo, envolvido com a administração da Igreja. Foi o primeiro papa a escrever decretos e apoiou fortemente o celibato para os sacerdotes e diáconos. Combateu o maniqueísmo e outras heresias. Procurou o diálogo em vez do confronto. Conquistou com sua humildade e mansidão, várias conversões.

Quando o Bispo espanhol e ascético Prisciliano, acusado por seus colegas de heresia, foi executado pelo imperador Magno Máximo, sob a acusação de magia, Sirício, juntamente com Ambrósio de Milão e Martinho de Tours, protestou contra o veredito.

Referências

  1. Annuario Pontificio (Libreria Editrice Vaticana 2008)


Precedido por
Dâmaso I
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

38.º
Sucedido por
Anastácio I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.