Papa Teodoro I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Papa Teodoro.
São
Teodoro I
Papa da Igreja Católica
73° Papa da Igreja Católica
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Eleição 24 de novembro de 642
Fim do pontificado 14 de maio de 649 (6 anos)
Predecessor João IV
Sucessor Martinho I
Ordenação e nomeação
Cardinalato
Criação 642
por Papa João IV
Ordem Cardeal-diácono
Dados pessoais
Nascimento 610
Jerusalém, Palestina
Morte 14 de maio de 649 (39 anos)
Roma, Itália
Sepultura Basílica de São Pedro
dados em catholic-hierarchy.org
Categoria:Igreja Católica
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

O Papa Teodoro I foi eleito em 24 de Novembro de 642 e morreu em 14 de Maio de 649.

Nascido em Jerusalém, era de origem grega. Era filho de um bispo também chamado Teodoro.[1]

Agregou ao nome de "Pontífice" o título de "Soberano" e reorganizou a jurisdição interna do clero. Durante os seus sete anos de governo, combateu os hereges monotelitas, tendo assinado a condenação de dois patriarcas de Constantinopla (Paulo II e Pirro I) e reprovado a Ectese de Heráclio. Soube se cercar de homens eminentes e muito cultos. Teve desavenças com o imperador e no meio dessas controvérsias, há suspeitas de que tenha sido envenenado. Conseguiu converter muitos gregos impenitentes que negavam a natureza divina de Jesus, dizendo que Jesus era o filho adotivo de Deus, não sendo por isso digno de culto.

Está sepultado na Basílica de S. Pedro.[2]

Referências


Precedido por
João IV
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

73.º
Sucedido por
Martinho I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.