Papagaio Real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Papagaio Real, 7 de Abril de 1914
Papagaio Real, 7 de Abril de 1914

O Papagaio Real foi um semanário humorístico português publicado em Lisboa.[1]

De tendência monárquica, anti-republicana, foi dirigido por Alfredo Lamas e teve direção artística de Almada Negreiros, exercendo uma crítica mordaz e incisiva. Foi publicado durante 5 meses no ano de 1914, tendo o primeiro número saído a 7 de Abril de 1914.[2][3]

Entre os seus colaboradores contaram-se Jorge Barradas e Stuart Carvalhais [4], Rocha Martins e Machado Correia [5].

Referências

  1. «Papagaio Real». Bibliotecas Municipais de Lisboa. Câmara Municipal de Lisboa. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  2. «Alfarrabismo e antiguidades». D’outro tempo. Doutrotempo.com. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  3. «Papagaio Real». Fundação Mário Soares. Fmsoares.pt. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  4. FRANÇA, José Augusto – A arte em Portugal no século XX (1974). Lisboa: Livraria Bertrand, 1991, p. 39
  5. Rita Correia (16 de novembro de 2014). «Ficha histórica: Papagaio real : semanário monarchico : política, caricatura e humorismo (1914)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 19 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]