Papilio palinurus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPapilio palinurus
Fotografia de P. palinurus pousada, vista superior.

Fotografia de P. palinurus pousada, vista superior.
A borboleta à esquerda é uma Ilustração de P. palinurus, em vista superior, retirada do livro Reise der Österreichischen Fregatte Novara um die Erde in den Jahren 1857, 1858, 1859 unter den Befehlen des Commodore B. von Wüllerstorf-Urbair. (1864).[1] As outras duas são P. blumei (acima) e P. peranthus (abaixo).
A borboleta à esquerda é uma Ilustração de P. palinurus, em vista superior, retirada do livro Reise der Österreichischen Fregatte Novara um die Erde in den Jahren 1857, 1858, 1859 unter den Befehlen des Commodore B. von Wüllerstorf-Urbair. (1864).[1] As outras duas são P. blumei (acima) e P. peranthus (abaixo).
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Lepidoptera
Subordem: Papilionoidea
Família: Papilionidae
Subfamília: Papilioninae[2]
Género: Papilio
Linnaeus, 1758[2]
Espécie: P. palinurus
Nome binomial
Papilio palinurus
Fabricius, 1787[2]
P. palinurus
Sinónimos
Papilio regulus Stoll, [1790]
Papilio brama Guérin-Méneville, 1840
Papilio daedalus C. & R. Felder, 1861
Papilio (Achillides) palinurus Bauer & Frankenbach, 1998
Princeps palinurus Page & Treadaway, 2003[2]
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Papilio palinurus

Papilio palinurus (denominada popularmente, em língua inglesa, de Green-banded Peacock, Emerald Peacock, Emerald Swallowtail, Banded Peacock ou Burmese Banded Peacock)[3] é uma borboleta da família Papilionidae e subfamília Papilioninae,[2] encontrada na região biogeográfica indo-malaia e nativa da Índia,[3] Myanmar, península da Malásia, Bornéu (na Indonésia), Simeulue, Nias e Filipinas. Foi classificada por Johan Christian Fabricius em 1787. Suas lagartas se alimentam de plantas do gênero Euodia[2] e Micromelum.[4]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Esta espécie possui, vista por cima, asas com envergadura máxima de 8 a 9 centímetros e de um negro salpicado de escamas esverdeadas, com uma faixa verde brilhante atravessando as asas dianteiras e traseiras e terminando em duas manchas em forma de ocelos de margens avermelhadas.[1] O lado de baixo é castanho escuro, com áreas mais pálidas e com sete manchas em laranja, negro e azul, em cada asa posterior, próximas à sua margem. Ambos os sexos apresentam pouco dimorfismo sexual e possuem um par de caudas em forma de espátulas, na metade inferior das asas posteriores.[4][5]

Subespécies[editar | editar código-fonte]

P. palinurus possui seis subespécies:[2]

  • Papilio palinurus palinurus - Descrita por Fabricius em 1787. Proveniente de Myanmar, península da Malásia e Bornéu.
  • Papilio palinurus daedalus - Descrita por C. & R. Felder em 1861. Proveniente das Filipinas.
  • Papilio palinurus angustatus - Descrita por Staudinger em 1888. Proveniente das Filipinas.
  • Papilio palinurus adventus - Descrita por Fruhstorfer em 1903. Proveniente de Nias.
  • Papilio palinurus nymphodorus - Descrita por Fruhstorfer em 1909. Proveniente de Basilan.
  • Papilio palinurus auffenbergi - Descrita por Späth em 1992. Proveniente de Simeulue.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Reise der Österreichischen Fregatte Novara um die Erde in den Jahren 1857, 1858, 1859 unter den Befehlen des Commodore B. von Wüllerstorf-Urbair.» (em inglês). BioLib Online Library of Biological Books. 1864. 1 páginas. Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  2. a b c d e f g Savela, Markku. «Papilio palinurus» (em inglês). Lepidoptera and some other life forms. 1 páginas. Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  3. a b Indian Foundation for Butterflies. «Papilio palinurus» (em inglês). Butterflies of India. 1 páginas. Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  4. a b Day, Les. «Papilio palinurus palinurus» (em inglês). Samui butterfly garden. 1 páginas. Consultado em 24 de dezembro de 2016 
  5. Sorbes, Anne (29 de julho de 2010). «Papilio palinurus» (em francês). Flickr. 1 páginas. Consultado em 24 de dezembro de 2016. Fin de la métamorphose du Machaon émeraude (Papilio palinurus). Ferme aux Papillons de Die. 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Papilio palinurus
Ícone de esboço Este artigo sobre lepidópteros, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.