Papiro 46

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuscritos do Novo Testamento
PapirosUnciaisMinúsculosLecionários
Papyrus 46
Um fólio do P46 contendo II Coríntios 11:33-12:9

Um fólio do P46 contendo II Coríntios 11:33-12:9
Texto Epístolas paulinas
Data Século III
Escrito grego
Agora está Dublin, Universidade de Michigan
Tipo Texto-tipo Alexandrino
Categoria I
Nota Similar ao Minúsculo 1739

O Papiro 46 (também referido como 46) é um dos mais antigos manuscritos do Novo Testamento conhecido. Sua 'sua datação mais provável' é por volta de 175-225 DC.[1] Foi parte do Papiro Bíblico Chester Beatty. Conforme o site Bible Research, ele contém (em ordem) "os últimos oito capítulos de Romanos; todo Hebreus; praticamente todo o conteúdo de 1 e 2 Coríntios; todo o conteúdo das cartas aos Efésios, Gálatas, Filipenses, Colossenses; e dois capítulos de 1 Tessalonicenses. Todas as folhas tem algumas linhas perdidas por causa da deterioração."[2]

Referências

  1. Griffin, B (1996), "The Paleographical Dating of P-46"
  2. Michael Marlowe, Papyrus 46

Ver também[editar | editar código-fonte]