Paraíso Filmes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paraíso Filmes: A "Hollywood" de Portugal
Paraíso Filmes
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Comédia
Humor
Duração 25 min.
Estado Terminada
Criador(es) Produções Fictícias
País de origem Portugal Portugal
Idioma original Portugal Português
Produção
Diretor(es) Carlos Barreto (Direção da Série)
Diamantino Ferreira (Direção Geral)
Produtor(es) executivo(s) Alexandre Cebrian Valente
Distribuída por RTP
Roteirista(s) Filipe Homem Fonseca
Eduardo Madeira
Nuno Markl
Elenco José Pedro Gomes
António Feio
Tema de abertura João Maia
Compositor da música-tema Manuel Faria
Empresa(s) de produção Diamantino Filmes
Produções Fictícias
Exibição
Emissora de televisão original RTP
Formato de exibição 4:3
Transmissão original 20012002
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 13 (1ªtemporada)
13 (2ªtemporada)
26 (no total)

Paraíso Filmes é uma sitcom portuguesa de humor exibida pela RTP1 entre 2001 e 2002. Criada pelas Produções Fictícias, narra as actividades da Paraíso Filmes (sediada na Trafaria) onde o produtor Belchior Baptista (José Pedro Gomes) e o realizador Túlio Gonzaga (António Feio) tornam realidade novas versões de clássicos do cinema americano, recorrendo à imaginação para contornar a falta de meios.

Além de Feio e Gomes, a série conta com a participação de actores como Marco Horácio, Miguel Melo, Carla Salgueiro, Dinarte Branco, Carlos Curto e Nuno Lopes, entre outros. Foi escrita por Filipe Homem Fonseca, Eduardo Madeira e Nuno Markl.

A série tem sido reposta na RTP Memória ao longo dos anos, tendo a última sido em 2017.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Série de humor, que nos conta a história de uma equipa de produção (a Paraíso Filmes) que se propõe fazer grandes filmes, composta pelo realizador, o produtor, o grupo de atores, os técnicos, a menina da maquilhagem, o cabeleireiro e o argumentista.

A pressão criada por uma encomenda de uma série desses filmes, que têm de ser entregues a um canal de televisão, que pretende combater os telefilmes que outro canal tem exibido com êxito, gera os burlescos acontecimentos de relação entre produtor e o realizador, estando os atores e o restante da equipa num fogo cruzado permanente.

A falta de tempo, de dinheiro e de noção de cinema, afinal, leva a que os mesmos atores (António Feio e José Pedro Gomes) tenham de interpretar vários papéis, quer no mesmo filme, quer em filmes diferentes, recorrendo ao subterfúgio do guarda roupa e maquilhagem.

Episódios[editar | editar código-fonte]

1.ª Temporada[editar | editar código-fonte]

  • 1. Febre de Domingo à Noite (Saturday Night Fever)
  • 2. Agente L123 (Agent 007)
  • 3. Shôr Aníbal (Silence of the lambs)
  • 4. 3/15 Dias (9 1/2 weeks)
  • 5. O Regresso da Vingança do Dragão Vermelho (Karate Kid)
  • 6. Desaparecido em Luanda (Platton)
  • 7. Sardinha (Jaws)
  • 8. O Novíssimo Testamento (The ten commandments)
  • 9. O Bom, o Mau e o Espanhol (The good, the bad, the ugly)
  • 10. Brocky IV (Rocky IV)
  • 11. O Enxertista (the exorcist)
  • 12. Rabejador (Gladiator)
  • 13. O Homem que Mal se Vê (The invisible man)

2.ª Temporada[editar | editar código-fonte]

  • 1. Parque Inácio (Jurassic Park)
  • 2. Os Salteadores da Arca Frigorífica (Raiders of the lost ark)
  • 3. Ti'Anica (Titanic)
  • 4. Merd Max (Mad Max)
  • 5. Pirolito, o Quinto Passageiro(Alien)
  • 6. Robófia (Robocop)
  • 7. Branca de Neve e os Seis Indivíduos Extremamente Baixos (Snowhite and the seven dwarfs)
  • 8. T.S. - O Extraterrestre (E.T.)
  • 9. O Priminho (The Godfather)
  • 10. Missão Improvável (Mission Impossible)
  • 11. Super-Tuga (Super-man)
  • 12. O Terrorista de Évora (Air force one)
  • 13. DVD Paraíso Filmes (o tipico comentário dos dvds)



Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.