ParaFAL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ParaFAL
ParaFAL moderno
IMBEL ParaFAL
Tipo Fuzil de batalha
Local de origem  Brasil
História operacional
Utilizadores Forças Armadas, Polícia Militar
Histórico de produção
Data de criação 2009 – presente
Fabricante IMBEL
Especificações
Peso 4,5 kg
Comprimento 1,09 m
Calibre 7,62x51 mm (.308 Winchester)
Ação Operada a gás, por pistão; Ferrolho basculante
Velocidade de saída 911m/s
Alcance efetivo 600m
Alcance máximo 2000m+
Mira Alça e Massa de Aço

O fuzil de calibre 7,62mm M964A1, o ParaFAL, é uma versão do fuzil M964 com coronha rebatível e atende a todos os requisitos técnicos e operacionais estabelecidos pelo Exército Brasileiro. Por ser de dimensões e pesos reduzidos, o armamento é ideal para tropas especiais militares e policiais. Em função de sua alta precisão, peso e cadência, o PARAFAL foi adquirido pela Polícia Militar de diversos estados brasileiros, como a do Rio de Janeiro.

Em 2009, a IMBEL recebeu a ordem para produzir o ParaFAL para substituir o FAL como arma padrão, enquanto o rifle de assalto IMBEL MD97 - A2 está em desenvolvimento.[1][2]

Denominação histórica no Brasil[editar | editar código-fonte]

Devido a sua coronha rebatível seu uso é apropriado por unidades aerotransportadas, que tem menos espaço para o transporte de equipamentos, por isso a primeira unidade do Brasil a utilizar esta versão, foi a Brigada de Infantaria Paraquedista, por isso começou a ser chamado no meio militar de Para-FAL, apesar de seu nome oficial ser M964A1, posteriormente passou a ser usado também pela Brigada de Operações Especiais, pelo Comando Militar da Amazônia, pela Força de Atuação Estratégica (12.ª Brigada de Infantaria Leve Aeromóvel) e por unidades que operam no pantanal, como o 17º Batalhão de Fronteira. O seu uso em todas estas unidades é porque devido a coronha dobrável, o transporte fica facilitado, seja em aviões, helicópteros ou em pequenas embarcações na amazônia brasileira e no pantanal.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Archived copy». Consultado em 29 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2015 
  2. http://www.forte.jor.br/2009/10/21/eb-transforma-fal-em-parafal/
Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.