Para que Serve uma Adaga de Vidro?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Para que Serve uma Adaga de Vidro? (What Good Is A Glass Dagger?, no original em inglês) é um conto de fantasia escrito por Larry Niven e publicado pela primeira vez em 1972.[1] Se passa no mesmo universo fictício do livro The Magic Goes Away, por Niven, sendo a segunda história nesse universo, a sequência do conto Not Long Before the End.[2] Aparece em português no livro Magos: Os Mundos Mágicos da Fantasia, editado por Asimov, que comenta que nessa história Niven "procura dar uma explicação científica para a magia".[3] O conceito de mana aparece nesse universo fictício, e a partir dele se espalhou para os jogos de RPG. Entretanto, não é original ao livro, tendo Niven dito que aprendeu a respeito dele lendo o livro The Trumpet Shall Sound (1968).[4][5] Niven também invoca o princípio da conservação de massa em certo ponto da narrativa.[6]

Referências

  1. Peter Nicholls . The Encyclopedia of Science Fiction: An Illustrated A to Z, p. 376
  2. Fletcher Vredenburgh. «Black Gate » Articles » The Magic Goes Away by Larry Niven» 
  3. Asimov, Isaac (ed.) . Magos: Os Mundos Mágicos da Fantasia, p. 53
  4. Golub and Peterson . How Mana Left the Pacific and Became a Video Game Mechanic
  5. Bezarias, Caio (29 de nov de 2002). «Os autênticos criadores de mundos». The Enemy 
  6. Charles L. Adler . Wizards, Aliens, and Starships: Physics and Math in Fantasy and Science Fiction, p. 15
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.