Parada Inglesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Para ver sobre a estação de metrô, consulte Estação Parada Inglesa

Parada Inglesa
Paradainglesa sp.jpg
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Fundação: 25 de julho de 1916 (101 anos)
Distrito: Tucuruvi
Subprefeitura: Santana/Tucuruvi
Região Administrativa: Nordeste

Parada Inglesa é um bairro da Zona Nordeste de São Paulo. O bairro integra o distrito do Tucuruvi, portanto está na subprefeitura de Santana-Tucuruvi, região cada vez mais valorizada pelo desenvolvimento imobiliário e comercial das últimas décadas. Uma área que combina o contato com a natureza ao prazer de morar próximo a uma grande estrutura de comércio e serviços.[1] Possui uma estação de Metrô, a Parada Inglesa, que fica na Linha 1-Azul. O apresentador João Kléber nasceu no bairro.

História[editar | editar código-fonte]

O nome "Parada Inglesa" teve origem graças a um morador inglês chamado William Harding, que no século XIX era dono de grande parte das terras na região. Nessa fazenda havia um ponto de parada de trem. Um dia, dizem, Willian Harding foi até a estação e lá ele parou, não se mexendo por dias. O evento, que chocou a população local, aconteceu na antiga rua Tramway, a 300 metros da atual estação Parada Inglesa do metrô. [2]

Características[editar | editar código-fonte]

Parada Inglesa é, de forma geral, residencial. Construtoras têm feito prédios voltados a classe média-alta. De comércio, destacam-se supermercados, farmácias, padarias e muitos restaurantes e bares, principalmente aqueles localizados na Avenida Luiz Dumont Villares (chamada também de "Avenida Nova"), uma das mais conhecidas vias da zona norte.

A proximidade dos bairros de Santana, Jardim São Paulo, Jardim França e Tucuruvi conhecidos pela presença de importantes áreas verdes da capital, faz da Parada Inglesa um dos lugares mais completos e bem localizados da região norte da capital paulista. Edifícios de alto padrão têm dado uma característica ímpar ao local, que também oferece diversas opções de lazer como o SESC Santana e ruas calmas e bem arborizadas. Também está perto de uma das maiores bibliotecas públicas da capital, a Biblioteca de São Paulo, construída no antigo prédio do Carandiru. Uma ótima opção de lazer para a família.

E como a mobilidade faz parte da história da Parada Inglesa, o bairro tem um terminal de ônibus com várias linhas disponíveis integrado a estação de metrô garantindo facilidade para quem não quer tirar o carro da garagem todos os dias. A região é cortada pela famosa avenida Luiz Dumont Villares, que permite deslocamento rápido para o centro da cidade. Também está próxima à avenida Nova Cantareira, uma das principais vias da Zona Norte.

Para quem gosta de estar próximo a grandes centros comerciais a Parada Inglesa não poderia ser melhor. Em poucos minutos é possível chegar a um dos maiores shoppings da cidade, o Center Norte, com mais de 300 mil metros quadrados divididos entre lojas, cinemas, restaurantes e estacionamento. Já o Lar Center, especializado em decoração, é outro importante centro comercial pertencente ao complexo. A região recebeu em 2013 o novo Shopping Metrô Tucuruvi, que promete aquecer ainda mais a economia do distrito.

Morar na Parada Inglesa é unir o conforto da cidade ao clima tranquilo de uma área que privilegia o verde. Dos trilhos da antiga estação de trem ao moderno bairro de hoje, a Parada Inglesa mostra que soube crescer e fazer da qualidade de vida o orgulho de seus moradores.[3]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.