Paralisia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2009). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A paralisia, na Medicina, é o estado ou situação de imobilidade, seja ela total ou parcial, temporária ou definitiva, da função motora de um ou vários músculos do corpo, por causa de uma lesão nervosa.[1] A paralisia é causada pelo mal funcionamento de algumas áreas do sistema nervoso central, que deixa de transmitir impulsos para a ativação muscular. A sede do distúrbio pode estar nas células do encéfalo ou da medula, ou nos nervos que vão ao músculo.

A poliomielite (vulgarmente tratada por paralisia infantil), é um tipo de paralisia em que os músculos mostram-se fracos e a sede da perturbação está nos nervos ligado ao músculo, e que caracteriza-se por ser uma doença que pode paralisar completamente os músculos das pernas, impedindo a pessoa de andar.

O tratamento depende de medicamentos, exercícios, massagens, aplicações elétricas, fisioterapia,etc.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. paralisia in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-30 06:17:39]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/paralisia
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.