Paramount+

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Paramount+
Tipo de sítio Streaming
Proprietário(s) CBS Interactive
Empresa-mãe ViacomCBS
Requer pagamento? Sim
País de origem  Estados Unidos
Idioma(s) Vários (incluindo o português)
Usuários Aumento 17.9 milhões (em 5 de novembro de 2020)
Lançamento 28 de outubro de 2014; há 6 anos
Sede Cidade de Nova York
Endereço eletrônico paramountplus.com

Paramount+ é um serviço de streaming norte-americano de propriedade e operado pela CBS Interactive, uma subsidiária da ViacomCBS. Oferece conteúdo original, conteúdo recém-transmitido nas propriedades de transmissão da CBS e conteúdo da biblioteca da ViacomCBS. Nos Estados Unidos, muitos mercados oferecem uma transmissão ao vivo do canal principal da afiliada local da CBS. Em 5 de novembro de 2020, tinha 17,9 milhões de assinantes.[1][2]

O Paramount+ também se expandiria para os mercados internacionais, começando com a América Latina no dia do rebranding do serviço, seguido pelos países nórdicos em 25 de março de 2021 e Austrália em meados de 2021.[3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Começo (2014–2019)[editar | editar código-fonte]

O CBS All Access foi lançado em 28 de outubro de 2014, com preço de US$5,99 por mês com publicidade e US$9,99 por mês sem.[5][6][7][8] Anunciado em 16 de outubro de 2014, como a primeira oferta over-the-top (OTT) por uma rede de televisão americana, o serviço abrangia inicialmente o portal de streaming existente da rede em CBS.com e seu aplicativo móvel para smartphones e tablets; O CBS All Access tornou-se disponível no Roku em 7 de abril de 2015 e no Chromecast em 14 de maio de 2015.[9][10] Além de fornecer episódios completos do passado e do presente dos programas da CBS, o serviço permite streams de programação ao vivo de afiliados locais da CBS em 194 mercados que alcançam 92% dos Estados Unidos (incluindo estações de propriedade da Sinclair Broadcast Group, Hearst Television, Tegna Media, Nexstar Media Group, Meredith Corporation, Griffin Communications, Grey Television, Weigel Broadcasting e Cox Media Group e o grupo de lançamento da CBS Television Stations),[11] incluindo esportes da SEC e da NFL; no entanto, devido à ausência de direitos de transmissão, alguns eventos esportivos não são transmitidos no serviço (principalmente envolvendo eventos da PGA Tour, alguns jogos de pré-temporada da NFL programados localmente e programas selecionados mediados por meio da CBS Sports Spectacular), juntamente com programação distribuída e paga limitada onde apenas uma licença de transmissão local para transmitir o programa é permitida e os direitos de transmissão na web são retidos pelo sindicador ou produtor do infomercial.[12][13][14][15][16] Pela própria natureza de ser ao vivo, o streaming de um afiliado local inclui toda a publicidade, mesmo com o plano sem comerciais.

Em 1 de dezembro de 2016, a CBS anunciou um acordo com a NFL para permitir a liberação de jogos regionais da NFL transmitidos pela CBS na CBS All Access a partir da Semana 13 da temporada da NFL de 2016. Na época, os jogos estavam bloqueados em dispositivos dispositivos móveis que não eram da Verizon Wireless devido ao acordo de exclusividade daquele provedor como parte do patrocínio de seu "provedor sem fio oficial" da liga.[17] Na temporada da NFL de 2018, um novo acordo com a Verizon encerrando essa exclusividade passou a permitir que a CBS All Access transmitisse jogos para todos os dispositivos móveis; Os jogos do Super Bowl são executados na CBS All Access sem a necessidade de qualquer autenticação.

Em fevereiro de 2017, o serviço tinha quase 1,5 milhões de assinantes.[18] Em agosto de 2017, a CBS revelou planos de expandir a CBS All Access para mercados fora dos Estados Unidos. O Canadá foi anunciado como o primeiro mercado internacional a receber o serviço.[19] Os planos de lançamento na Austrália seguiram-se rapidamente, como resultado da compra da rede de transmissão aberta Network 10 pela CBS.[20]

Em setembro de 2017, Star Trek: Discovery estreou no streaming da CBS, e eles também registraram um número recorde de assinaturas depois disso.[21] Os registros foram o maior número de registros de assinatura de um único dia, semana e mês desde o início da rede do streaming.[21] Eles relataram que o recorde anterior em um único dia foi alcançado pela cobertura da cerimônia de premiação do Grammy Awards de 2017.[21] A CBS foi notada por aproveitar a base de fãs de Star Trek, que estava disposta a obter o serviço apenas para ver a série.[22]

Estimulado por Star Trek: Discovery, a CBS All Access alcançou mais de 2 milhões de assinantes no início de 2018. O Grammy Awards de 2018 também impulsionou as assinaturas, marcando o segundo maior dia para novas assinaturas após a estreia do Discovery.[23] Em abril de 2018, a CBS All Access foi disponibilizado fora dos Estados Unidos pela primeira vez quando foi lançado no Canadá.[24]

O serviço foi lançado na Austrália em dezembro de 2018 como 10 All Access. Ele opera junto com o serviço gratuito de atualização e transmissão ao vivo 10 Play e contém uma mistura de programação da Network 10 e CBS. Os programas da CBS são disponibilizados no All Access antes de serem transmitidos nos canais da Network 10. 10 All Access é comercial-free e ao contrário da CBS All Access, tem apenas uma faixa de preço.[25][26]

Em janeiro de 2019, a CBS relatou seu maior aumento de assinantes em um fim de semana, um aumento de 72% em relação à estreia de Discovery, creditando a estréia da segunda temporada da série e o AFC Championship Game daquela semana (que também trouxe ao serviço seu maior público de streaming para um jogo de futebol). O Super Bowl LIII ultrapassaria esse recorde apenas algumas semanas depois, com a CBS relatando um aumento de 84% no número de novos assinantes.[27][28]

ViacomCBS e relançamento como Paramount+ (2019–presente)[editar | editar código-fonte]

Em 25 de novembro de 2019, como parte da fusão entre a CBS Corporation e a Viacom, a CBS All Access anunciou a inclusão da programação da Nickelodeon, como parte de um lançamento mais amplo de programação infantil no serviço, com outros parceiros, incluindo a Boat Rocker Studios e WildBrain.[29][30]

Em 6 de fevereiro de 2020, a CNBC informou que a ViacomCBS estava em discussões para lançar uma oferta de streaming premium maior, combinando a CBS All Access com conteúdo da Paramount Pictures, a divisão da Domestic Media Networks e a Pluto TV. O serviço incluiria uma camada sem anúncios e uma camada premium que inclui o serviço de streaming da Showtime. A empresa manteria suas plataformas de streaming existentes, enquanto comercializaria o novo serviço para os usuários desses outros serviços.[31][32] A ViacomCBS descreveu parcialmente esses planos em uma chamada de ganhos corporativos em 20 de fevereiro de 2020, afirmando que o serviço de All Access expandido teria uma abordagem de "house of brands" para o conteúdo e serviria como uma oferta intermediária complementando a Pluto TV (que permaneceria um serviço gratuito) e o serviço OTT da Showtime, "adicionando uma ampla oferta de pagamento, construída sobre a base [All Access]." O serviço expandido incluirá conteúdo da MTV, Nickelodeon, Comedy Central, BET e Smithsonian Channel, bem como uma biblioteca de 30.000 episódios de séries de televisão e até 1.000 títulos de filmes das divisões de cinema e televisão da Paramount e da CBS Television Distribution, e expandidos ao vivo notícias e ofertas esportivas. Nenhum plano de preços ou datas firmes para expansão de conteúdo foram divulgados, embora um "[re]lançamento suave" ocorra no final de 2020. A ViacomCBS também continuará a licenciar seu conteúdo de TV e filme para plataformas de streaming concorrentes.[33][34]

Em 7 de maio de 2020, a CBS All Access começou a adicionar mais filmes ao serviço, começando com mais de 100 da Paramount Pictures, e a ViacomCBS anunciou que o CBS All Access se expandirá internacionalmente dentro de doze meses.[35] Em 30 de julho de 2020, a CBS All Access adicionou vários programas da ViacomCBS Domestic Media Networks, introduziu uma nova interface de usuário com "hubs" para diferentes marcas e revelou que Kamp Koral: SpongeBob's Under Years (anteriormente planejado para estrear na Nickelodeon) iria estrear no serviço em 2021.[36] Com a expansão, também foi anunciado que o serviço seria reformulado no início de 2021 para se separar das plataformas da CBS, e que havia planos para adicionar vários perfis de usuário e controles dos pais no final de 2020.[37]

Em 15 de setembro de 2020, foi anunciado que a CBS All Access seria rebatizado como Paramount+ no início de 2021, e que planejava realizar mais expansão internacional com o novo nome. O CEO da ViacomCBS, Bob Bakish, afirmou que a Paramount era "uma marca icônica e famosa por consumidores em todo o mundo e é sinônimo de qualidade, integridade e narrativa de classe mundial". Várias novas séries também foram anunciadas para o serviço, incluindo a série de crimes reais The Real Criminal Minds, MTV's Behind the Music – The Top 40, uma revivificação da série The Game da BET, Taylor Sheridan's Lioness e The Offer — um drama baseado nas experiências de Albert S. Ruddy ao filmar The Godfather.[38] Em 19 de janeiro de 2021, foi anunciado que a Paramount+ seria lançada em 4 de março de 2021, com informações sendo divulgadas em 24 de fevereiro durante um evento para investidores.[39]

Assinantes[editar | editar código-fonte]

Assinantes A partir de Ref
Mais de 100,000 Início de 2015 [40]
Cerca de 1,2 milhão Dezembro de 2016 [41]
Quase 1,5 milhão Fevereiro de 2017 [18]
Mais de 2 milhões Início de 2018 [42]
2,5 milhões Agosto de 2018 [1]
4 milhões Fevereiro de 2019 [43]
Cerca de 8 milhões Dezembro de 2020 [44]

Programação[editar | editar código-fonte]

Programação original[editar | editar código-fonte]

Em 2 de novembro de 2015, foi anunciado que a primeira série original do CBS All Access original será uma nova versão deStar Trek em January 2017, que não terá relação com Star Trek Beyond, filme lançado em 2016.[45]

Em 18 de maio de 2016, foi anunciado que The Good Wife iria ganhar um spin-off que irá ao ar exclusivamente no CBS All Access em 2017.[46]

Em 2 de agosto de 2016, foi anunciado que a versão online do Big Brother iria ir ao ar no CBS All Access na segunda metade de 2016. O anúncio marcou a primeira série de televisão da CBS feita para ir ao ar exclusivamente em uma plataforma de streaming. É esperado que o programa seja o primeiro reality show a ser transmitido exclusivamente através de uma plataforma de streaming.[47] Em 10 de agosot de 2016, a CBS anunciou que Julie Chen iria continuar como apresentadora, e revelou que a temporada será chamada de Big Brother: Over the Top.

Arquivos de programas[editar | editar código-fonte]

Os episódios mais recentes dos programas da rede geralmente estão disponíveis em CBS.com e no CBS All Access no dia seguinte após a transmissão original.

O CBS All Access fornece o catálogo completo de volta da maioria de suas séries atuais, incluindo "empilhamento de direitos" de temporadas completas (com a exceção de algumas séries, como The Big Bang Theory, que a CBS possui direito apenas aos "últimos cinco" episódios para como a Warner Bros. retém todos os outros direitos como distribudora da série), como também uma ampla seleção de episódios de séries classicas da bibloteca de programas da CBS Television Distribution – incluíndo programas que anteriormente pertenciam a Paramount Television antes da aquisição pela CBS de sua biblioteca de programação através da divisão da CBS-Viacom (incluíndo o catálogo de episódios completos de programas como Star Trek, Cheers, MacGyver, Twin Peaks e CSI: Miami) para assinantes do serviço. O CBS All Access também possuir recursos de por trás das cenas de programas e eventos especiais da CBS, e (com a estreia da 17.ª temporada em junho de 2015) links ao vivo e conteúdo especial do reality show Big Brother.[6] Também possui uma parceria para conteúdo infantil com a empresa canadense WildBrain.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «TCA 2018: CBS All Access Has 2.5 Million Subscribers». Broadcasting & Cable. Future plc. 5 de agosto de 2018. Consultado em 10 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 11 de dezembro de 2018 
  2. Pascale, Anthony. «CBS Chief Touts Star Trek As All Access Hits 4 Million Subscriber Goal Early». TrekMovie.com. Consultado em 24 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  3. «ViacomCBS Unveils Brand for Upcoming Global Streaming Service: Paramount+» (Nota de imprensa). ViacomCBS. 15 de setembro de 2020. Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 19 de novembro de 2020 – via Business Wire 
  4. «Archived copy». Consultado em 19 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 4 de março de 2021 
  5. «"CBS ALL ACCESS" ROLLS OUT COMMERCIAL-FREE OPTION FOR SUBSCRIBERS». CBS Corporation. Consultado em 6 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 7 de fevereiro de 2017 
  6. a b Stlter, Brian; Pallotta, Frank (16 de outubro de 2014). «New way to watch CBS shows, for $6 a month». CNN Money. Time Warner. Consultado em 26 de maio de 2020. Cópia arquivada em 25 de junho de 2015 
  7. Kaplan, Don (16 de outubro de 2014). «CBS, like HBO, takes on Netflix with a service to deliver TV shows via broadband». Daily News. New York. Consultado em 17 de julho de 2015. Cópia arquivada em 17 de julho de 2015 
  8. Steel, Emily (16 de outubro de 2014). «Cord-Cutters Rejoice: CBS Joins Web Stream». The New York Times. Consultado em 17 de julho de 2015. Cópia arquivada em 31 de maio de 2015 
  9. Roberto Baldwin (7 de abril de 2015). «CBS All Access launches on Roku with live streaming and VOD». Engadget. AOL. Consultado em 19 de julho de 2015. Cópia arquivada em 15 de julho de 2015 
  10. Billy Steele (14 de maio de 2015). «CBS All Access app gets Chromecast support (Update: Fox and FXNow, too)». Engadget. AOL. Consultado em 19 de julho de 2015. Cópia arquivada em 9 de agosto de 2015 
  11. «Amazon Help › Digital Services & Content › Prime Video › Prime Video Channels›: Where Is Live TV Available for the CBS All Access Channel?». Consultado em 2 de maio de 2019. Cópia arquivada em 2 de maio de 2019 
  12. Littleton, Cynthia (9 de abril de 2015). «CBS Affiliates Sign on to Expand Reach of All Access SVOD Service». Variety. Penske Media Corporation. Consultado em 18 de julho de 2015. Cópia arquivada em 23 de julho de 2015 
  13. Malone, Michael (22 de abril de 2015). «Five Gray TV Stations Launch CBS All Access». Broadcasting & Cable. NewBay Media. Consultado em 19 de julho de 2015. Cópia arquivada em 22 de julho de 2015 
  14. Todd Spangler (14 de maio de 2015). «CBS Expands 'All Access' Live Local TV Streaming to Two-Thirds of U.S.». Variety. Penske Media Corporation. Consultado em 18 de julho de 2015. Cópia arquivada em 23 de julho de 2015 
  15. Winslow, George (16 de julho de 2015). «CBS All Access Expands Access». Broadcasting & Cable. NewBay Media. Consultado em 17 de julho de 2015. Cópia arquivada em 17 de julho de 2015 
  16. Ellingson, Annlee (16 de outubro de 2014). «Hulu holdout CBS launches on-demand and live streaming». L.A. Biz. American City Business Journals. Consultado em 18 de julho de 2015. Cópia arquivada em 21 de julho de 2015 
  17. Steinberg, Brian (1 de dezembro de 2016). «CBS Will Live-Stream NFL Games On Its 'All Access' SVOD Service». Variety. Consultado em 2 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2016 
  18. a b Spangler, Todd (13 de fevereiro de 2017). «Showtime Hits 1.5 Million Streaming Subscribers, CBS All Access Nears Same Mark (EXCLUSIVE)». Variety. Consultado em 11 de dezembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  19. «CBS ALL ACCESS TO EXPAND GLOBALLY – CBS Corporation». www.cbscorporation.com. Consultado em 29 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2017 
  20. «Ten Network to be purchased by US giant CBS». ABC News. 28 de agosto de 2017. Consultado em 28 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  21. a b c D'Alessandro, Anthony (25 de setembro de 2017). «'Star Trek Discovery' Fuels Record Signups For CBS All Access». Deadline. Consultado em 19 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 28 de setembro de 2017 
  22. Lowry, Brian. «'Star Trek: Discovery' barely achieves liftoff». CNN. Consultado em 10 de março de 2018. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  23. Perez, Sarah (29 de janeiro de 2018). «The Grammys Gave CBS All Access Its Second-Biggest Day for Signups Yet». TechCrunch.com. Consultado em 1 de maio de 2018. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  24. «CBS All Access launches in Canada». CBS News. 24 de abril de 2018. Consultado em 24 de abril de 2018. Cópia arquivada em 24 de abril de 2018 
  25. «Introducing 10 All Access» (PDF). Network 10. 31 de outubro de 2018. Consultado em 1 de novembro de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 1 de novembro de 2018 
  26. «10 All Access is here: SVOD service live with 7,000+ episodes». mediaweek.com.au (em inglês). 4 de dezembro de 2018. Consultado em 4 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 27 de julho de 2020 
  27. «Super Bowl LIII set streaming records, while TV viewership saw massive drop». TechCrunch. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 18 de março de 2019. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  28. Evans, Greg (22 de janeiro de 2019). «'Star Trek: Discovery' & AFC Championship Bring Record Subscribers, Says CBS All Access». Deadline Hollywood. Consultado em 18 de março de 2019 
  29. «Nickelodeon Content Coming to CBS All Access». The Hollywood Reporter. 25 de novembro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  30. «CBS All Access to Add Nickelodeon Children's Programming». 25 de novembro de 2019. Consultado em 3 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  31. Alex Sherman (6 de fevereiro de 2020). «ViacomCBS to launch new streaming service blending CBS All Access with Paramount films, Viacom channels». CNBC. NBCUniversal Cable Networks. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2020 
  32. Jon Lafayette (6 de fevereiro de 2020). «ViacomCBS Set to Beef Up All Access Streaming Service». Broadcasting & Cable. Future US. Consultado em 7 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  33. Julia Alexander (20 de fevereiro de 2020). «CBS is planning an improved streaming service after squandering its head start with All Access». The Verge. Vox Media. Consultado em 20 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  34. Sarah Perez (20 de fevereiro de 2020). «CBS All Access to gain content from Nick, MTV, Comedy Central, Paramount Pictures & more». TechCrunch. Verizon Media. Consultado em 20 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  35. Hayes, Dade (7 de maio de 2020). «CBS All Access To Get Summer Reboot, Adding New Films And Shows Ahead Of Global Expansion – Update». Deadline (em inglês). Consultado em 7 de maio de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  36. Dade Hayes (30 de julho de 2020). «SpongeBob SquarePants Spinoff Kamp Koral Shifts To CBS All Access As Nickelodeon Library Shows Arrive». Deadline Hollywood. Consultado em 30 de julho de 2020. Cópia arquivada em 30 de julho de 2020 
  37. Todd Spangler (29 de julho de 2020). «CBS All Access Adds 70 Shows From ViacomCBS's Networks Ahead of 2021 Rebranding». Variety. Consultado em 30 de julho de 2020. Cópia arquivada em 30 de julho de 2020 
  38. Littleton, Cynthia (15 de setembro de 2020). «CBS All Access to Rebrand as Paramount Plus Early Next Year». Variety (em inglês). Consultado em 15 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  39. Littleton, Cynthia (19 de janeiro de 2021). «Paramount Plus to Launch March 4 in U.S. and Latin America». Variety (em inglês). Consultado em 19 de janeiro de 2021 
  40. «CBS All Access Streaming Service Has More Than 100,000 Subs, Leslie Moonves Says». The Hollywood Reporter. Consultado em 10 de março de 2018. Cópia arquivada em 11 de março de 2018 
  41. «CBS All Access now reportedly at 1.2M subscribers - FierceVideo». www.fiercecable.com 
  42. «The Grammys gave CBS All Access its second-biggest day for signups yet». TechCrunch 
  43. «CBS Chief Touts Star Trek As All Access Hits 4 Million Subscriber Goal Early». Consultado em 24 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2019 
  44. Littleton, Cynthia; Littleton, Cynthia (19 de janeiro de 2021). «Paramount Plus to Launch March 4 in U.S. and Latin America». Variety (em inglês). Consultado em 20 de janeiro de 2021 
  45. «New Star Trek Television Series Coming In 2017 To CBS All Access - CBS.com» (em inglês). CBS 
  46. «The Good Wife Spinoff To Star Christine Baranski And Cush Jumbo» (em inglês). CBS 
  47. Nellie Andreeva (2 de agosto de 2016). «‘Big Brother’: New Season To Air On CBS All Access This Fall» (em inglês). Deadline. Consultado em 22 de novembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]