Parlamento da Islândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Parlamento da Islândia

Alþingi Íslendinga
Tipo
Tipo
Liderança
Presidente
Estrutura
Assentos63
New Iceland Althingi Nov2018.svg
Grupos políticos
Governo (35)

Oposição (28)

Eleições
Voto proporcional
Última eleição
28 de outubro de 2017
Local de reunião
Alþingi 2012-07.JPG
Alþingishúsið
Reykjavík, Islândia
Website
http://www.althingi.is/
Notas de rodapé
Política da Islândia

O Parlamento da Islândia (islandês: Alþingi Íslendinga; APORTUGUESADO Althingi ou Althing) é o parlamento nacional da Islândia. Fundado em 930, na região de Þingvellir, é o parlamento nacional mais antigo da história da humanidade.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

O Alþingi foi estabelecido no ano de 930 como uma assembleia ao ar livre, situada em Kvosin, na Praça Domkirkja. Com sua formação, foi estabelecido o Estado Livre Islandês. As reuniões aconteciam em torno do Lögberg (islandês: "rocha da lei"), onde se sentava o legífero (lögsögumaður ou "relator da lei") para presidir a assembleia.

O Estado Livre existiu até 1262, quando a Islândia formou uma união com a Noruega. A organização do Alþingi mudou nesse período, mas continuou a acolher sessões até 1799, quando suas atividades foram suspensas por várias décadas. Voltou a ter sessões em 1844, quando foi mudado para a capital. O edifício que abriga atualmente a instituição é o mesmo desde 1881 e chama-se, Alþingihús (islandês: "casa do Alþingi").

Sistema eleitoral[editar | editar código-fonte]

A constituição islandesa estabelece seis círculos eleitorais, com a possibilidade de criar um sétimo. Cada uma destas divisões territoriais elege nove membros. Além destes 54 parlamentares, cada um dos grupos políticos recebe uma quantidade de lugares proporcional à percentagem obtida a nível nacional. Para poder recorrer a este círculo extra, o partido em causa deverá ter tido mais de 5% de todos os votos válidos no processo eleitoral.

Referências

  1. «History» (em inglês). Thingvellir National Park (Þjóðgarðurinn á Þingvöllum). Consultado em 19 de setembro de 2017 
  2. «Landnám» (em islandês). Þjóðgarðurinn á Þingvöllum (Thingvellir National Park). Consultado em 19 de setembro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Islândia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.