Parque Amantikir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vista de parte do parque
Labirinto clássico

O Parque Amantikir ou Amantikir Jardins, é um parque urbano composto por um conjunto de jardins e diversos pontos de interesse. Situado no município de Campos do Jordão, a 180 quilômetros da cidade de São Paulo, o parque é visitado por milhares de turistas anualmente.[1]

Idealizado pelo paisagista e engenheiro agrônomo, Walter Vasconcellos, conhecido como Dr. Garden,[2] o Amantikir abriga mais de 700 espécies de plantas em 26 jardins ao longo dos seus 60 mil metros quadrados.[3][4] Em 2013 o site TripAdvisor, certificou pela primeira vez o Amantikir com o atrativo n.º 1 de Campos do Jordão, posição em que o parque vem se mantendo desde então.[5][1]

O parque e a cidade de Campos do Jordão ficam situados na Serra da Mantiqueira, (um complexo de montanhas considerado a 8.ª formação natural protegida mais "insubstituível" do planeta, segundo um artigo da União Internacional para a Conservação da Natureza publicado em 2013 pela Revista Science).[6]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome do parque é oriundo do nome da Serra da Mantiqueira. A Serra escarpada que acompanhava o rio Paraíba (rio feio em tupi), onde hoje se situa Campos do Jordão, conhecida pelos nativos como amantikir, “a montanha que chora”, tornou-se Mantiqueira na pronúncia dos Lusitanos.[7][8]

História[editar | editar código-fonte]

O Parque amantikir é fruto da mistura de dois ingredientes: insatisfação e encantamento. Estes ingredientes, aparentemente contraditórios, porém importantíssimos na realização do parque, foram essenciais na história do engenheiro agrônomo e paisagista Walter Vasconcellos. Nascido em Campos do Jordão e apaixonado pela cidade, após viajar por dezenas de parques e jardins na Europa, Estados Unidos e Canadá, voltava das férias sempre com a sensação de que sua cidade merecia um espaço tão encantador quanto aqueles que visitara. Parecia-lhe injusto: nem mesmo os proprietários dos jardins, a quem prestava serviços como Dr. Garden, tinham a oportunidade de desfrutar da plenitude de jardins tão belos.[9][10]

Essa inquietação foi essencial para germinar a semente de um jardim aberto ao público. Construído numa área que antes abrigara o Haras Serra Azul, o sonho ganhou força através do aporte financeiro de amigos e clientes do Dr. Garden. No dia 25 de agosto de 2007, foi criado o amantikir e após mais de uma década de história, o parque já recebeu milhares de visitantes, de diversas partes do mundo.[9][10]

Lenda[editar | editar código-fonte]

Conta uma lenda que o Sol se apaixonou por uma formosa índia e ela também se encantou por ele. E a Lua enciumada, foi se lamentar com o deus Tupã que colocou uma imponente montanha sobre a índia, aprisionando-a para sempre. Desde então a índia chora dias e noites com saudades do Sol e suas águas enchem os veios da montanha, transbordando nos rios e cachoeiras que escorrem pela Serra da Mantiqueira. E por isso os tupis a chamavam de amantikir, a montanha que chora.[11]

Atrações[editar | editar código-fonte]

Além dos 26 jardins do parque, os pontos de interesse incluem: Pátio Zen, Tori, Meda, Dragão Chinês, Moon Gate (Portal da Lua), Mandala, Olaria, Mirante, Wood, Horta, Grandes Vasos, Tenda, Moldura e uma Casa da Árvore.[12] Todos esses espaços com variadas referências arquitetônicas.[12]

Labirinto clássico[editar | editar código-fonte]

Entre seus jardins há o Labirinto Clássico, semelhante aos labirintos vistos em jardins de castelos da Europa. Conta com 450 metros quadrados de área e 600 metros lineares de corredores, com paredes de 2,20 metros de altura.[13]

Labirinto de grama[editar | editar código-fonte]

O labirinto de grama do Amantikir é considerado por um grupo de estudiosos e localizadores de labirintos pelo mundo, o maior labirinto de grama do Brasil e está entre os maiores no mundo deste tipo.[14]

Setores[editar | editar código-fonte]

Os 26 jardins do Amantikir são divididos em sete setores e são inspirados em diversos parques do mundo,[12] com características paisagísticas de países como: Inglaterra, França, Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Estados Unidos, Canadá, México, Japão e China, entre outros.[15]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Amantikir (Campos do Jordão) - 2021 - O que saber antes de ir - Sobre o que as pessoas estão falando». Tripadvisor. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  2. «Flores que falam - Diário do Grande ABC». Jornal Diário do Grande ABC. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  3. «Parque Amantikir». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  4. «Conheça». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  5. «2021: O que fazer em Campos do Jordão - OS 10 MELHORES pontos turísticos». Tripadvisor. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  6. Região, Fábio França Do G1 Vale do Paraíba e (1 de dezembro de 2013). «Serra da Mantiqueira é eleita 8ª área protegida mais 'insubstituível' da Terra». Vale do Paraíba e Região. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  7. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 69.
  8. «Por que Amantikir?». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  9. a b «História do Amantikir». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  10. a b «História completa». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  11. «A Lenda de Amantikir». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  12. a b c «Mapa do Parque». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  13. Região, Ticiana SchvarczDo G1 Vale do Paraíba e (21 de junho de 2016). «Campos do Jordão, SP, guarda encantos além do badalado Capivari». Inverno 2016 no Vale do Paraíba e Região. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  14. Veriditas & The Labyrinth Society (ed.). «locate a labyrinth in country Brazil». Word Wild Labyrinth Locator. Consultado em 17 de dezembro de 2016 
  15. «Conheça - História». Parque Amantikir. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Parque Amantikir