Parque Estadual Mata do Segredo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Parque Estadual Mata do Segredo é um parque localizado no município de Campo Grande (Mato Grosso do Sul), região centro-oeste do Brasil. Possui 177,58 hectares e utilizado também para fins de pesquisa científica, educação ambiental, recreação e turismo em contato com a natureza.

Generalidades[editar | editar código-fonte]

A Região próxima à Nascente do Córrego Segredo possui uma estrutura urbana marcada por uso tradicionalmente rural - chácaras de recreio ou de produção de hortifrutigranjeiros, destinados ao abastecimento do comércio. Na Mata, encontra-se vários animais nativos como: Macacos, tatus, Lobos, Cobras e ect. O governo do Estado de Mato Grosso do Sul desenvolve no local o projeto denominado "Florestinha" que abriga as crianças que moram nas proximidades, com o intuito de criar desde cedo na circunvizinhança a consciência ecológica; vale constar que o projeto é desenvolvido pela polícia militar florestal. Os problemas existentes no Parque são: Os caçadores e raizeiros que desmatam e retiram plantas medicinais para serem vendidos ilegalmente no mercado local. Com isso, o cerrado original foi quase todo desmatado, sendo substituído por pastos e loteamentos urbanos.

Próximo a nascente do Córrego Segredo, situam-se as áreas urbanas e as rurais. O setor urbano que possui maior quantidade de áreas próprias para o cultivo está localizada no bairro Vila Nasser, com 2,89% do total de áreas de glebas da cidade, o bairro citado juntamente com o bairro Nova Lima, possuem grande quantidade de lotes vagos englobando, respectivamente, 4,94% e 8,38% dos lotes vagos na cidade. Estes índices revelam que na Zona Norte tem a maior parte das áreas, sobretudo as situadas mais próximas dos principais acessos, já foram parceladas na forma de glebas, restando apenas as áreas mais longínquas, junto à área rural ou aquelas que margeiam os córregos.

História[editar | editar código-fonte]

O parque foi instituído pelo Decreto estadual n° 7.119, de 17 de março de 1993, sendo denominado inicialmente Reserva Ambiental de propriedade do Ministério do Exército. Anteriormente a Mata do Segredo, era conhecida como Parque Santa Inês. O Ex-governador Pedro Pedrossian, em 1996, juntamente com a comunidade local, viram a necessidade de conservar o parque.

A partir de 5 de julho de 2000, pelo Decreto 9.935, recebeu o nome Parque Estadual Mata do Segredo, e foi aberto para visitação no mesmo ano, contudo não tinha condições para a abertura pública, sendo naturalmente fechado por falta de infra-estrutura, sendo posteriormente aberto a partir de 2001. A sua criação tem o objetivo de preservar amostras de Cerrado e Matas Secas em sua área, espécies da flora e fauna, a manutenção de bacias hidrográficas, e valorização do patrimônio paisagístico e cultural do município.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Oliveira, Ademir Kleber Morbeck de; Rezende, Ubirazilda Maria. Composição florística do Parque Estadual Mata do Segredo, localizado na área urbana do município de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. REVSBAU, Piracicaba–SP, v. 7, n. 3, p. 57-74, 2012. [1].
Ícone de esboço Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.