Parque Nacional da Serra do Divisor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Parque Nacional da Serra do Divisor
Categoria II da IUCN (Parque Nacional)
Rio Moa, um dos rios que cortam o interior do parque
Localização Acre, Brasil
Dados
Área 837 555,19 ha[1]
Criação 16 de junho de 1989[2]
Gestão ICMBio[3]
Sítio oficial parnadivisor.blogspot.com
Coordenadas 8° 2' 39" S 73° 33' 55" O
Parque Nacional da Serra do Divisor está localizado em: Brasil
Parque Nacional da Serra do Divisor

O Parque Nacional da Serra do Divisor é uma unidade de conservação brasileira de proteção integral da natureza localizada no estado do Acre, na fronteira com o Peru, com território distribuído pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves.[1] A administração do parque está atualmente a cargo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.[3]

O parque forma, junto aos parques nacionais do Cabo Orange, Montanhas do Tumucumaque, do Monte Roraima e do Pico da Neblina, o conjunto de Parques Nacionais fronteiriços da Amazônia brasileira.[4]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Gavião real, uma das aves encontradas no parque e que estão ameaçadas de extinção.[5]

A origem do nome vem do relevo (geografia) da região onde se encontra um divisor natural das águas das bacias hidrográficas do rio Ucayali (Peru) e rio Juruá (Brasil). Na sua região também se encontram valiosos vestígios fósseis. Foi criado através do decreto Nº 97.839, emitido pela Presidência da República em 16 de junho de 1989.[2]

O rio Moa é uma das principais atrações do parque.

Geografia[editar | editar código-fonte]

É considerado o local de maior biodiversidade da Amazônia. Várias espécies endêmicas vegetais e animais são encontradas devido, em parte, à sua proximidade com o ecossistema andino, numa região de transição das terras baixas da Amazônia e as montanhas dos Andes. Possui uma área de 843.000 hectares, sendo o quarto maior parque nacional brasileiro. Várias populações indígenas habitam o parque, tanto que já está sendo demarcada a futura reserva indígena rio Moa, além de seringueiros que já residem lá há algumas gerações.

Acesso[editar | editar código-fonte]

O parque não é aberto a visitação pública.

Referências

  1. a b «PARQUE NACIONAL DA SERRA DO DIVISOR». Relatório Parametrizado - Cadastro Nacional de Unidades de Conservação. 1 de outubro de 2012. Consultado em 1 de outubro de 2012 
  2. a b «DECRETO Nº 97.839, DE 16 DE JUNHO DE 1989.». Presidência da República - Casa Civil- Subchefia para Assuntos Jurídicos. 16 de junho de 1989. Consultado em 1 de outubro de 2012 
  3. a b «Parna da Serra do Divisor». Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Consultado em 1 de outubro de 2012 
  4. «Plano de Manejo do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque» (PDF). Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 2009. Consultado em 13 de março de 2012 
  5. Lista de aves encontradas no parque

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Unidades de Conservação da Natureza é um esboço relacionado ao Projeto Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.