Parque Nacional das Cevenas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Parque Nacional das Cevenas
Categoria V da IUCN (Paisagem/Costa Protegida)
Parque Nacional das Cevenas
Planalto Causse Méjan
País França
Localidades mais próximas Florac, Lozère, Gard, Ardèche e Aveyron
Dados
Área 937 km²
Criação 2 de setembro de 1970
Gestão Parcs nationaux de France
Sítio oficial http://www.cevennes-parcnational.fr/
Coordenadas 44° 11' 38" N 3° 34' 53" E
Parque Nacional das Cevenas está localizado em: França
Parque Nacional das Cevenas
Localização na França
Causses e Cevenas, Paisagem Cultural Agro-pastorícia Mediterrânica 
Parque Nacional das Cevenas
Causse Méjean no Maciço Central, Parque Nacional das Cevenas, França

Tipo Cultural
Critérios iii, v
Referência 1153 en fr es
Região Europa e América do Norte
País  França
Histórico de inscrição
Inscrição 2011

Nome usado na lista do Património Mundial

  Região segundo a classificação pela UNESCO

O Parque Nacional das Cevenas (em francês: Parc national des Cévennes, pronúncia em francês: ​[paɾk natjɔnal de sevɛnə]) é um parque nacional localizado no sul da França, na área montanhosa de Cevenas. Criado em 1970, o parque tem sua sede administrativa em Florac no Castelo de Florac. Ele está localizado principalmente nos departamentos de Lozère e Gard, além de abrangir algumas partes de Ardèche e Aveyron, estendendo-se, portanto, por um número recorde de departamentos para um parque nacional. A caverna Aven Armand está localizada no parque. Em 2011, o parque passou a fazer parte das Causses e Cevenas, paisagem cultural agro-pastoril mediterrânea que é patrimônio mundial da UNESCO.[1]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Mapa do Parque Nacional das Cevenas, mostrando em vermelho a zona central protegida e, em verde, a área abrangida pelo parque.

O parque inclui várias montanhas e planaltos, entre eles: Mont Lozère, Mont Aigoual, Causse Méjean, França. O Mont Lozère é o pico mais alto da região, atingindo 1.699 metros.

História[editar | editar código-fonte]

A região de Cevenas é rica em história, com uma forte identidade cultural, estando no centro da revolta de Camisard, que se seguiu à revogação do Édito de Nantes (Édito de Fontainebleau), após o qual os protestantes foram ativamente perseguidos.[2] Diversos testemunhos da guerra de Camisard em Cevenas abundam em cidades e vilarejos do Parque Nacional das Cevenas. Uma exposição permanente dedicada à memória dos Camisardos foi elaborada no antigo templo de Le Rouve (comuna de Saint-André-de-Lancize).[3]

O templo de Rouve Bas: hoje dessacralizado, é um memorial dedicado à guerra de Camisard nas montanhas de Bougès (Cevenas).

Pontos relevantes[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]