Parque Nacional de Monfragüe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Salto del Gitano, local emblemático do Parque Nacional de Monfragüe por albergar dezenas de aves de rapina.

O Parque Nacional de Monfragüe é um dos 15 Parques Nacionais existentes na Espanha. Está localizado na província de Cáceres, e é o primeiro parque nacional de Estremadura.

Sua classificação de Parque Nacional foi outorgada no dia 3 de março de 2007, após a aprovação a 21 de fevereiro do mesmo ano da lei 1/2007 pelo Senado da Espanha.[1]

Passos anteriores à classificação como Parque Nacional[editar | editar código-fonte]

O parque visto do castelo de Monfragüe
  • 4 de abril de 1979: declarado Parque Natural (máxima classificação de proteção meio ambiental a nível autonômico).[2]
  • 1988: declarada Zona de Protecção Especial para as Aves (ZPE).
  • Julho de 2003: reserva da Biosfera reconhecida pela UNESCO.[3]
  • Janeiro de 2006: a proposta de declaração de Monfragüe como Parque Nacional foi enviada pela Junta da Estremadura ao Governo da Espanha em janeiro de 2006.
  • Maio de 2006: o Conselho de Ministros, a partir da proposta do Ministério do Meio Ambiente da Espanha, envia às Cortes (Câmara dos Deputados) o projeto, onde foi aprovado.
  • Dezembro de 2006: começa o processo parlamentar.
  • Fevereiro de 2007: o Senado da Espanha aprova a lei que integra o parque na Rede de Parques Nacionais da Espanha.[4]
  • Março de 2007: o Boletim Oficial do Estado (BOE) publica a Lei de declaração do Parque Nacional de Monfragüe, pelo qual Monfragüe é declarado oficialmente, Parque Nacional.[1]

Ficha técnica do parque[editar | editar código-fonte]

panorâmica desde o castelo de Monfragüe.

Características[editar | editar código-fonte]

O nome vem do latim mons fragorum (monte denso), nome dado pelos romanos.

Tipo de habitat[editar | editar código-fonte]

  • Bosque mediterrânico e mata mediterrânica, dehesas (em português: pastagens ou montados), rochedos e massas de água.

Fauna[editar | editar código-fonte]

Abutres fouveiros (Gyps fulvus) no Parque Nacional de Monfragüe.

Espécies mais importantes:[7]

Flora[editar | editar código-fonte]

Esteva em Monfragüe

Espécies mais importantes:[7]

  • Em zonas mais quentes: oliveira silvestre ou zambujeiro (Olea europaea silvestris)

Referências

  1. a b «Jefatura del Estado (BOE número 54 de 3/3/2007), LEY 1/2007, de 2 de marzo, de declaración del Parque Nacional de Monfragüe». BOE.es. Agencia Estatal Boletín Oficial del Estado. 2 de março de 2007. Consultado em 28 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 7 de abril de 2010  (em castelhano)
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 3 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 29 de janeiro de 2009 
  3. «RESERVAS-BIOSFERA-UNESCO-2003-MONFRAGÜE-ESPAÑA». Consultado em 8 de Novembro de 2009. Arquivado do original em 15 de julho de 2009 
  4. «Ministerio de Medio Ambiente». Consultado em 8 de Novembro de 2009. Arquivado do original em 8 de dezembro de 2009 
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 3 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 4 de junho de 2008 
  6. «Cópia arquivada». Consultado em 3 de dezembro de 2008. Arquivado do original em 1 de dezembro de 2008 
  7. a b «Turismo Rural En Monfragüe». Consultado em 8 de novembro de 2009  (em castelhano)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Parque Nacional de Monfragüe