Parque das Nações Indígenas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vista do Parque das Nações Indígenas

Originalmente conhecido como Parque do Prosa, o Parque das Nações Indígenas é localizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil.

É considerado um dos maiores parques (dentro de um perímetro urbano) do mundo,[1] com uma extensão de 119 hectares. Oferece infra-estrutura adequada para a prática de lazer, diversão e esporte. Dispõe de quadra de esportes, pátio para skate, patins e bike, sanitários, pista asfaltada para caminhada de quatro mil metros, lanchonetes, policiamento e um grande lago formado próximo à nascente do córrego Prosa. Dispõe também de local para apresentações, Museu do Índio, Museu de Arte Contemporânea, Museu de História Natural, Monumento do Índio, além da construção do maior aquário de água doce do mundo, o Aquário do Pantanal.

Monumento ao Índio

Cerca de 70% de sua vegetação é formada por gramas e árvores ornamentais originárias do seu projeto de paisagismo. Uma grande quantidade de espécies de árvores são preservadas, como por exemplo o jenipapo, a mangueira e a aroeira.

Em seu interior foram encontrados por pesquisadores evidências da presença de povos pré-colombianos,[2] não sendo descartada, portanto, que a região tenha sido habitada na pré-história.

Atualmente está sendo construído dentro do parque o maior aquário de água doce do mundo, onde serão expostos os peixes encontrados no pantanal. Esse aquário será envolvido por um complexo turístico completo incluindo restaurantes, sanitários, áreas de descanso e etc...

Apresentações com músicos sul-mato-grossenses são promovidas regularmente na Concha Acústica pela Fundação de Cultura do Estado, que também realiza atividades lúdicas e oficinas culturais no Marco. Importantes competições esportivas são sediadas dentro das dependências e no entorno do Parque, como o Circuito de Vôlei de Praia, o Torneio de Canoagem e a Volta das Nações.

Cada uma das seis entradas (ou portais) do Parque leva o nome de uma etnia indígena de Mato Grosso do Sul, como a Guarani, na Avenida Afonso Pena, e Kadiwéu, na rua Antônio Maria Coelho.

Fonte: Noticias MS GOV

Horário de Funcionamento[editar | editar código-fonte]

O Parque das Nações Indígenas está aberto de segunda-feira à domingo, das 06h às 22h.

referencías

Ligações externas[editar | editar código-fonte]