Parque nacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Parque Nacional Los Cardones, Argentina.

Um parque nacional é uma área protegida (gênero do qual as espécies brasileiras mais conhecidas são as unidades de conservação), geralmente de propriedade do Estado, que tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de recreação em contato com a natureza, educação e interpretação ambiental, e de ecoturismo ou turismo ecológico.

Trata-se de um modelo de área protegida que tem origem na legislação americana, e que com o tempo foi importado por diversos outros países, dentre eles o Brasil, inicialmente através do Decreto n. 23.793 de 23 de janeiro de 1934, que cria o primeiro código florestal brasileiro[1] .

No Brasil há também parques estaduais e parques municipais, criados e geridos no quadro da mesma legislação pelos poderes públicos respectivamente dos Estados e Municípios brasileiros. Os três tipos de parques integram o SNUC- Sistema Nacional de Unidade de Conservação da Natureza, criado pela Lei 9.985 de 2000.

Os Parques Nacionais, assim como outras unidades de coonservação federal, são geridos pela autarquia federal ICMBio - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, criado pela lei 11.516, de 28 de agosto de 2007.

Em Portugal, o Parque Nacional é apenas uma, embora a mais alta, de quatro categorias diferentes de áreas naturais protegidas. As outras são Parque Natural, Reserva Natural e Paisagem Protegida.

Listagem de parques nacionais por país[editar | editar código-fonte]

Angola[editar | editar código-fonte]

Argélia[editar | editar código-fonte]

Argentina[editar | editar código-fonte]

Austrália[editar | editar código-fonte]

Bolívia[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Islândia[editar | editar código-fonte]

Itália[editar | editar código-fonte]

Moçambique[editar | editar código-fonte]

Noruega[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Suécia[editar | editar código-fonte]

  • Parque Nacional de Abisko
  • Parque Nacional de Björnlandet
  • Parque Nacional de Blå Jungfrun
  • Parque Nacional de Dalby Söderskog
  • Parque Nacional de Djurö
  • Parque Nacional de Fulufjället
  • Parque Nacional de Färnebofjärden
  • Parque Nacional de Garphyttan
  • Parque Nacional de Gotska Sandön
  • Parque Nacional de Hamra
  • Parque Nacional de Haparanda Skärgård
  • Parque Nacional de Muddus
  • Parque Nacional de Norra Kvill
  • Parque Nacional de Padjelanta
  • Parque Nacional de Pieljekaise
  • Parque Nacional de Sarek
  • Parque Nacional de Skuleskogen
  • Parque Nacional de Stenshuvud
  • Parque Nacional de Stora Sjöfallet
  • Parque Nacional de Store Mosse
  • Parque Nacional de Sånfjället
  • Parque Nacional de Söderåsen
  • Parque Nacional de Tiveden
  • Parque Nacional de Tresticklan
  • Parque Nacional de Tyresta
  • Parque Nacional de Töfsingdalen
  • Parque Nacional de Vadvetjåkka
  • Parque Nacional de Ängsö

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. OLAVO LEITE, André. . "Desenvolvimento sustentável no paradigma francês de parques nacionais". Revista Internacional de Direito Ambiental, Caxias do Sul. v. II, n. 05, p. 11–26, ago. 2013..