Partícula massiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Física






As Equações de Maxwell
Física
História da Física
Filosofia da Física

Na física de partículas, o termo partículas massivas refere-se a partículas que têm massa de repouso[1] real não-zero.[2] Os sinônimos bradyon, tardyon ou ittyon são às vezes usados para contrastar com o luxão (que se move à velocidade da luz)[3] e o táquion hipotético (que se move mais rápido do que a luz).

No contexto da hipótese da onda não-linear e da teoria do táquion,[4] a partícula massiva em movimento pode ser considerada como um sistema composto de componentes bradicais e pseudotaquimoniais[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Massa a riposo "nulla"! (2011)
  2. Folman, R.; Recami, E. (1995). «On the Phenomenology of Tachyon Radiation». arXiv:hep-th/9508166Acessível livremente [hep-th] 
  3. Vieira, R. S. An Introduction to the theory of tachyons (PDF). [S.l.]: Rev. Bras. Ens. Fis. 
  4. Recami, E (1999). Classical tachyons and possible applications. [S.l.]: La Revista del Nuovo Cimento. pp. 1–178 
  5. Horodecki, Ryszard. Is a massive particle a compound bradyon-pseudotachyon system?. University of Gdansk: Institute of Theoretical Physics and Astrophysics. pp. 179–182 
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.