Partido País Solidário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido País Solidário
Presidente Carlos Filizzola Pallares
Fundação 13 de dezembro de 2000
Sede Assunção
Ideologia Socialismo democrático, Socialdemocracia
Afiliação internacional Internacional Socialista, Foro de São Paulo
Cores
  1. FFFF00"

O Partido País Solidário (em espanhol Partido País Solidario) é um partido político do Paraguai, de ideologia socialista democrática. Forma parte da coligação de esquerda Frente Guasú, e está afiliado ao Internacional Socialista.

História[editar | editar código-fonte]

Surgiu de uma divisão do Partido Encontro Nacional por parte do movimento interno PAIS,[1] posteriormente foi organizado a nível nacional a partir de seu primeiro congreso em 2002, o PPS tem participado com relativo êxito nas eleições, alcançando representação parlamentar e conselhos.

É liderado pelo médico Carlos Filizzola Pallarés, conhecido por seu ativismo sindical no Sindicato do Hospital de Clínicas e secretário adjunto da Central Unitária de Trabalhadores, de 1989 a 1991.

Nas eleições nacionais de 2008, o PPS apoiou a candidatura de Fernando Lugo.

Atualmente o Partido País Solidario conta com representantes na Câmara de Senadores e vários de sus membros formam pate do governo do presidente Fernando Lugo.

Referências

  1. TSJE, ed. (6 de julio de 2003). «Partido País Solidario». Consultado em 12 de mayo de 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.